- DestaquesNOTÍCIAS

Gás de cozinha – Diminuição do preço não deverá chegar a Dom Pedrito

Anunciado pela Petrobras recentemente, a diminuição de 8,17% deverá servir para recompor a margem de lucro das distribuidoras

Textos, fotos e vídeos do Portal Qwerty estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral, sendo vedada a reprodução em qualquer meio de comunicação sem autorização prévia.

A Petrobras anunciou no dia 5 que revisou a política de preços do gás de cozinha, que passa a adotar como referência o preço de paridade de importação. Com a mudança, o valor para o botijão de 13 kg terá o acréscimo dos custos de frete marítimo, transporte interno e uma margem para riscos da operação.

“Com isso, os preços do GLP industrial/comercial e do residencial envasado em botijões de até 13 kg (P13) passam a ter um alinhamento maior”, informou a petroleira. Fonte: GaúchaZH

Em Dom Pedrito e região

Nossa reportagem entrou em contato com alguns revendedores de gás da cidade e notícia não é animadora, tanto para quem comercializa como para o consumidor final. De acordo com os proprietários dessas empresas, o valor pago por eles pelo botijão de 13kg não sofreu qualquer alteração até o presente momento.

O valo praticado em Dom Pedrito oscila, a depender de algumas situações como, por exemplo, se o consumidor paga com cartão, se retira na portaria ou se recebe o produto em casa. A pesquisa ainda vale a pena, onde o consumidor poderá encontrar preços que vão desde R$ 58 a R$ 70.

A redução do preço não deverá chegar

Já para quem se animou com os quase 9% de redução do valor, anunciado pela Petrobras, infelizmente pode “tirar o cavalinho da chuva”. Esse desconto, conforme apurou nossa reportagem, servirá apenas para recompor a margem de lucro das distribuidoras que, conforme informaram, vem há tempos trabalhando no limite para não ter prejuízo.

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios