- DestaquesNOTÍCIAS

Policiais Civis que chegam a Dom Pedrito não repõem, sequer, a saída de outros servidores

Apesar de o Estado querer passar a sensação de que a cidade recebe um reforço, a única cidade que efetivamente teve um acréscimo no efetivo, foi Bagé

Textos, fotos e vídeos do Portal Qwerty estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral, sendo vedada a reprodução em qualquer meio de comunicação sem autorização prévia.

A notícia recentemente veiculada na imprensa, de que quatro policiais civis estarão se apresentando até o fim dessa semana, parece ser animadora, num primeiro momento, porém, o que ninguém explicou ainda, é que os quatro servidores recém formados, que estão prestes a se apresentar na Capital da Paz, irão apenas substituir uma servidora que saiu no início do ano e outros três que saem com a chegada dos novos.

Ou seja, a ideia de que Dom Pedrito está recebendo um reforço é completamente falsa. Só para se ter uma noção, a vizinha Bagé, que da região pode ser considerada a cidade que menos precisa receber novos policiais, está recebendo um acréscimo de seis novos servidores – 3 de Dom Pedrito, 1 de Pinheiro Machado e 1 de Aceguá, ou seja, esta é a única cidade que efetivamente ganha em número de servidores, visto que não transferiu ninguém.

Com essas últimas movimentações, considerando-se os dois últimos anos, oito policiais civis deixaram a delegacia local.

Às autoridades que gritam em alto e bom tom, que estão trazendo policiais para Dom Pedrito, fica registrado nessas linhas o repúdio e o protesto da comunidade pedritense. Como prevemos, por ocasião da vinda à Dom Pedrito do Secretário Adjunto de Segurança Pública do Rio Grande do Sul, Coronel Marcelo Frota, as ações ofertadas à nossa comunidade, por enquanto, foram apenas paliativas. A Operação Ponche Verde teve um bom resultado, é verdade, mas o que Dom Pedrito precisa é efetivo, é aumentar o número de servidores da Polícia Civil e da Brigada Militar.

Por isso, que fique claro, Dom Pedrito não está recebendo nenhum reforço, aliás, nem está sendo reposto o número exato de policiais civis que deixaram o município nos últimos anos, infelizmente.

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere nos ajudar desabilitando o adblocker no seu navegador.