- DestaquesNOTÍCIAS

Júri de Alessandro Machado Rodrigues e Alex Sander Soares Gonçalves já começou

Ambos são acusados de tentativa de homicídio e corrupção de menores ocorrida em março de 2016

Textos, fotos e vídeos do Portal Qwerty estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral, sendo vedada a reprodução em qualquer meio de comunicação sem autorização prévia.

Alessandro Machado Rodrigues e Alex Sander Soares Gonçalves  estão sendo julgados neste momento, no Salão do Júri da Comarca de Dom Pedrito. Segundo consta na denúncia, Alessandro tentou matar ADILSON Jacinto Silva com diversos golpes de facão, ocasionando sérias lesões por todo o corpo, notadamente nas costas, com diversas costelas cortadas exposição de um dos pulmões e evisceração. O fato aconteceu em comunhão de esforços com Alex Sander.

Os trabalhos iniciaram às 9h, com o sorteio dos jurados. Dos sete que compõem o Conselho de Sentença do Povo de Dom Pedrito, foram sorteados três homens e quatro mulheres.

Foi realizada a leitura da denúncia, momento em que é explicado aos jurados o que está sendo julgado efetivamente. Na sequência, adentrou ao salão, Adilson Jacinto Silva, vítima do ataque.

Adilson respondeu aos questionamentos do Promotor de Justiça Francisco Saldanha Lauenstein, e dos advogados de defesa, Richard Noguera e Valdemar Mancilhas. Adilson contou o que se lembrava daquela noite. O principal fato que parece ter desencadeado as agressões, é o fato de a vítima morar no Promorar e Alex Sandro no Bairro São Gregório, o que confirma a triste rivalidade existente entre essas localidades, como acontece com outras na cidade.

Logo depois, foi a vez de Alessandro Machado Rodrigues ser ouvido. Notificado do direito constitucional que possui de ficar calado, ele preferiu responder às perguntas, inicialmente feitas pelo juiz Luis Filipe Lemos Almeida. Alessandro, que já possui duas condenações por tentativa de homicídio, confirmou que desferiu os golpes de facão na vítima e que agiu assim para separar a briga entre Alex Sander e Adilson; que estava na festa armado de facão porque possui muitos inimigos na cidade; que logo depois do fato foi embora.

Já Alex Sander Soares Gonçalves, também optou por falar diante dos representantes da justiça. Alex Sander já possui um homicídio em sua ficha criminal, fato que aconteceu quando ainda era menor de idade, além da condenação pelo assassinato de Danrley Carvalho Rodrigues (Dandan). Ele falou que não participou dos fatos narrados e que o depoimento das testemunhas não corresponde à verdade. O detalhe importante é que naquela noite acontecia o aniversário de um ano da filha de Alex Sander.

Logo deverão ocorrer os debates entre acusação e defesa. Acompanhe aqui todos os detalhes.

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere nos ajudar desabilitando o adblocker no seu navegador.