NOTÍCIAS

Brigada Militar efetua prisão de foragida da justiça

Mulher tinha mandado de prisão ao seu desfavor

Textos, fotos e vídeos do Portal Qwerty estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral, sendo vedada a reprodução em qualquer meio de comunicação sem autorização prévia.

Na manhã deste sábado, próximo das 11h, a Brigada Militar de Dom Pedrito efetuou a prisão de uma foragida da justiça na Av. Rio Branco. Taciane Anastácio de Almeida possui um mandado de prisão ao seu desfavor.

Ela foi encaminhada ao pronto-socorro para realização do exame de corpo de delito e, logo após, ao Presídio Estadual de Dom Pedrito, onde ficará à disposição da justiça.

Errata

Após a manifestação de diversos leitores à respeito da situação com relação a presa estar ou não foragida, nossa reportagem resolveu procurar a Comarca local nesta segunda-feira (15), e assim esclarecer esta questão.

De acordo com a Escrevente Luísi Ribeiro Teixeira, devido a uma migração de sistema por determinação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), foi constatado que alguns mandados de prisão tiveram atualização para “cumpridos”, ainda que não tivessem sido. Devido a este problema, por orientação da corregedoria, foram criados novos mandados de prisão com as mesmas informações e dados constantes nos antigos, tendo os mesmos sido entregues à Brigada Militar. Dentre os mandados refeitos, estava o de Taciane Anastácio de Almeida, que foi condenada por furto qualificado (conforme art. 155, parágrafo 4º, incisos II e IV do Código de Processo Penal (CPP), com início de cumprimento de pena já transitada em julgado.

Ela disse ainda, que devido a informação constante no site do CNJ (tratando os mandados antigos como cumpridos), podia-se interpretar, ainda que equivocadamente, que os mesmos haviam sido recolhidos ao sistema prisional e posteriormente fugado (foragido), o que teria gerado a expedição dos novos mandados de prisão. A Qwerty Portal de Notícias com esta iniciativa, mostra mais uma vez seu compromisso em buscar e apresentar os fatos como eles realmente são.

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere nos ajudar desabilitando o adblocker no seu navegador.