- DestaquesNOTÍCIAS

Caso Lucas – defesa expõe sua versão. Debates acalorados no Salão do Júri

Confira imagens exclusivas dos trabalhos

Textos, fotos e vídeos do Portal Qwerty estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral, sendo vedada a reprodução em qualquer meio de comunicação sem autorização prévia.

Dr. Ernesto Simas Gallo iniciou dizendo que não foi seu cliente (Alex), quem matou Lucas; que o caso em questão se trata de um acidente de transito; que Alex permaneceu o local do acidente todo o tempo; que a bicicleta de Lucas não possuía nenhum dispositivo de segurança, tudo fundamentado no laudo pericial. sinalizou como sendo controversa a tese de que os acusados estariam disputando um “raxa”, pois pessoas se dispuseram a testemunhar confirmando que Alex não estava correndo. A defesa seguiu afirmando que se Alex possui alguma responsabilidade, esta se resume ao fato de ter batido apenas com o retrovisor na vítima; que não existe nenhuma prova técnica de que ambos os acusados estavam fazendo um “raxa”, muito menos de seu cliente Alex. Contestou a afirmação do MP de que os que tem carro rebaixado é para correr. em suma, contestou diversas afirmativas do MP. Na sequência deverá falar a defesa de Airton Willian.

Um debate acalorado se instalou depois de alguns apartes do Promotor de Justiça Leonardo Giron. o Juiz Luis Filipe, que até então acompanhava quieto a exposição da defesa, precisou intervir a estabelecer um regramento daquele momento em diante, para que os trabalhos pudessem seguir de forma mais dinâmica.

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere nos ajudar desabilitando o adblocker no seu navegador.