- DestaquesNOTÍCIAS

Segunda Câmara Criminal reduz pena de Maicon ‘Cadeirante’ condenado por tentativa de homicídio

Decisão unânime ocorreu na quinta-feira, dia 22

Textos, fotos e vídeos do Portal Qwerty estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral, sendo vedada a reprodução em qualquer meio de comunicação sem autorização prévia.

Na última quinta-feira (22), a Segunda Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, através dos desembargadores Victor Luiz Barcellos Lima, Rosaura Marques Borba e José Antônio Cidade Pitrez, por unanimidade, reduziu em um terço a pena de 12 anos e 8 meses que Maicon Cunha Carvalho, o Maicon ‘Cadeirante’, havia sido condenado em novembro do ano passado. O relator foi o juiz Luiz Mello Guimarães.

A tentativa de homicídio

Conforme denúncia do Ministério Público, Maicon foi acusado por uma tentativa de homicídio ocorrida em 10 de janeiro de 2014, à 00h50, na rua 14 de Julho. Na ocasião, ele e um adolesente de 15 anos teriam desferido disparos de arma de fogo contra a vítima Norton Nei Cassuriaga, que foi baleada e não veio a óbito, de acordo com o MP, por circustâncias alheias a vontade dos autores. Ainda segundo a denúncia, Maicon recebeu a arma do crime das mãos do menor, efetuou disparos contra a vítima, devolveu a arma ao adolescente, que também efetuou os tiros e, em seguida, fugiu do local para esconder o artefato.

A decisão em segunda instância

Maicon foi a júri popular no dia 9 de novembro de 2017, três anos após a tentativa de homicídio. A defesa do réu requereu a renovação do julgamento ou o redimensionamento da pena, que ficou definida em 8 anos, 11 meses e 20 dias de reclusão.

Clique AQUI e leia a decisão na íntegra.

http://qwerty.com.br/_bancodedados/2017/06/16/adolescente-e-morto-a-tiros-no-interior-da-santa-casa-de-dom-pedrito-assista-ao-video/

 

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios