Malandros da Rio Branco levarão samba enredo em homenagem a Airton Balaca para a avenida; leia a letra

O bloco carnavalesco Malandros da Rio Branco leva para a avenida o samba enredo, na noite desta sexta-feira (2), uma homenagem a um de seus líderes que faleceu no mês de maio de 2017, deixando um vazio imenso para os integrantes do bloco carnavalesco ao qual ele era, além de componente da diretoria, mestre de bateria.

Foto: Divulgação

Trata-se de um samba em homenagem a Airton Cézar Bages dos Santos, conhecido como Airton Balaca, que aos 56 anos deixou grandes amigos por onde passou. Desportista, carnavalesco e uma fígura querida pela comunidade, Balaca também coordenava um projeto com jovens no bairro José Tude de Godoy, levando esporte e lazer aos seus alunos.

O samba intitulado “O Verdadeiro Malandro Nunca Morre”, tem letra de Caina Oliveira em parceria com Willian Bueno. Abaixo, leia o samba que os Malandros da Rio Branco levarão para a avenida:

Ele era o samba, era a malandragem e descontração
Era a alegria, pura ousadia, a voz da canção
O apito companheiro fiel escudeiro
Campo e avenida
Vai deixar saudade e dentro do peito
Uma enorme ferida
O seu jeito sério, sem muito mistério pra interpretar
Com as suas broncas ele tinha muito pra nos ensinar
Se não tinha jeito matava no peito e improvisava
E a avenida inteira ficava faceira
Quando ele passava
Não te preocupa malandro
Teu samba vamos eternizar
Te levamos na memória
E hoje pra ti nós vamos cantar
Lá no céu estão em festa
Porque o Balaca subiu
Dando seu grito de guerra
E cantar com o nego Biu.