Primeiro recalque é, mais uma vez, alvo de vandalismo

    (Acompanhamos a instalação da nova bomba no mês de junho. Naquela oportunidade, danos já eram constatados)

    O primeiro recalque, também conhecido como “poço de bombas”, localizado às margens do rio Santa Maria, foi novamente alvo de vândalos. Desta vez, nada foi furtado, entretanto, os danos paralisaram as atividades da bomba, responsável por levar a água até a zona urbana – o município está sendo abastecido pela barragem da Serrinha.

    De acordo com o gerente da Corsan, Kléber Aurélio Machado, o fato provavelmente ocorreu na madrugada do dia 14 – mesmo dia em que foi realizado o registro na Delegacia de Polícia. Kléber explica que os vândalos danificaram cabos e outros aparelhos, inclusive um deles regula o envio de água até a cidade.

    Machado lamenta também o fato de que aliado a estes danos, a enchente impede a realização de reparos imediatos no local.


    Warning: A non-numeric value encountered in /home/qwerty/www/wp-content/themes/newspaper-original/includes/wp_booster/td_block.php on line 1009