Dois homens são presos em flagrante por arrombar e furtar trailer na área central

    Na noite de ontem (22), por volta das 22h20, uma guarnição da Brigada Militar foi acionada, via 190, para atender uma ocorrência na área central da cidade. De acordo com boletim de ocorrência, alguns indivíduos estavam tentando arrombar a porta de um dos trailers localizado na pracinha da escola Bernardino Ângelo.

    Chegando ao local, os policiais militares constataram que a porta do trailer, que fica na Rua Coronel Urbano, estava aberta, não havendo ninguém no seu interior. Ao efetuar buscas pelo local, os PMs localizaram um martelo e duas alavancas de ferro, objetos utilizados para arrombar o trailer.

    Algumas pessoas informaram que os autores do arrombamento estavam no interior da praça, sendo que, neste instante, um dos policiais dirigiu-se para verificar. Já o segundo policial saiu pelo outro lado. No caminho, um dos acusados, identificado como Carlos Alexandre Oviedo dos Santos, de 22 anos, foi em direção ao policial que estava no centro da praça. O PM acabou abordando e rendendo o suspeito.

    Um segundo indivíduo, Edson Itamar da Rosa Soares, de 26 anos, que vinha na mesma direção, foi abordado nas proximidades do trailer que fica localizado na Rua José Bonifácio. Num primeiro momento, os dois acusados afirmaram que estiveram no interior do trailer e que beberam junto com outras pessoas. Porém, não informaram quem eram os demais, acrescentando que o arrombamento não foi feito por eles.

    Foram furtados do interior do trailer alguns fardos de cerveja, um fardo de refrigerante e dois garrafões de vinho. Além disso, os policiais recolheram chinelos e tênis que foram deixados para trás, provavelmente durante a fuga do local. Os acusados também deixaram o chão sujo com produtos derramados após o uso.

    O proprietário do trailer, de 55 anos, esteve no local e reconheceu as bebidas encontradas. Os dois acusados foram encaminhados ao Pronto Socorro para exame de corpo de delito e, posteriormente, à Delegacia de Polícia para o registro de ocorrência, onde a delegada plantonista Daniela Barbosa de Borba determinou que fosse lavrado auto de prisão em flagrante, sem fiança, e por furto qualificado, conforme artigo 155 do Código Penal, § 4º, com pena de reclusão de dois a oito anos. Após o flagrante, os dois foram encaminhados ao Presídio Estadual de Dom Pedrito, onde irão permanecer à disposição da Justiça.


    Warning: A non-numeric value encountered in /home/qwerty/www/wp-content/themes/newspaper-original/includes/wp_booster/td_block.php on line 1009