Comissão Legislativa faz visita às obras da barragem do Taquarembó

    (Fotos: divulgação/Luiz Mário Munhoz)

    A Comissão Temporária da Câmara para acompanhamento e fiscalização das obras da barragem do Taquarembó, formada pelos vereadores Rosemeri Martins dos Santos (PP), presidente; Sergio Roberto Vieira (PMDB); Eli Barbosa (PDT) e Ademir Veiga (PTB), esteve acompanhada pelo presidente do Legislativo, Hiltom Ender Silva Lopes, Maninho, (PDT) e pelos vereadores Ricardo Schluter (PMDB) e Diego da Rosa Cruz, Guiga, (PP), no dia cinco de setembro, fazendo a primeira verificação no andamento das obras da barragem.

    Junto à comitiva estavam o presidente da AUSM (Associação dos Usuários da Água da Bacia Hidrográfica do rio Santa Maria) Edson Moreira Silva e o vice-presidente Eldo Frantz Costa. A recepção foi feita pelo engenheiro Luiz Romeu Dandréa, da Construtora Sanenco, executor do projeto da barragem, pelo diretor de irrigação da Seapi (Secretaria da Agricultura do Estado), Gerson Herter e pelo gerente administrativo da obra, Aderbal Ferraz.

    Apoio político

    Depois das observações técnicas com relação ao estágio da obra, que se encontra com, aproximadamente, 85% do projeto pronto, os técnicos levaram os visitantes aos locais da barragem, onde identificaram os barramentos, comportas, canais auxiliares e outras funcionalidades do empreendimento.

    A liberação do recurso necessário, por parte do governo federal, para a conclusão da obra, depende do relatório com a prestação de contas, a ser encaminhado pelo governo do estado e, ainda, da contratação de uma empresa que fiscalize o andamento do restante do projeto. A comissão da Câmara pedritense terá um papel importante neste processo, na medida em que incentivará as demais câmaras das cidades que compõe a Bacia Hidrográfica do Rio Santa Maria a se somarem neste acompanhamento e fiscalização.

    Com mais agentes políticos integrados restará, também, fortalecido, o poder de reivindicação, não só em função da retomada nas obras da barragem, mas dos canais de irrigação e da gestão das águas por parte da AUSM, que dependerá, para isso, da aprovação de um projeto de lei especifico, a ser votado na Assembléia Legislativa do Estado. “A importância desta obra para Dom Pedrito transcende a questões partidárias, todo o apoio é fundamental” observa a vereadora Rosemeri Martins dos Santos.

    Assessoria de Imprensa

    Câmara de Vereadores


    Warning: A non-numeric value encountered in /home/qwerty/www/wp-content/themes/newspaper-original/includes/wp_booster/td_block.php on line 1009