Após divulgação de imagem, polícia recebe denúncia e identifica o acusado de crimes de assalto ocorridos no final de agosto

    Divulgação PC
    No início da tarde desta quarta-feira (13), por volta das 12h15, a Polícia Civil, com o apoio da Brigada Militar, prendeu Pablo Humberto Machado Maciel, de 24 anos. Conforme o Inspetor Lauro Telles, “tudo começou com aquela tentativa de assalto e com o roubo, ambos efetuados no dia 30 de agosto. Um dos estabelecimentos possuía um sistema de câmeras, que acabou gravando toda ação do rapaz. Nas imagens, ficou constatado o momento em que ele saca a arma, as roupas que vestia, o rosto e a bicicleta que usou para ir até o local. Mesmo com tudo isso, tivemos uma dificuldade de identificar com precisão quem era o autor, mas suspeitávamos que ele não era habitual do crime, pois nem a polícia civil e nem da Brigada Militar o conheciam; além disso, poderia ser alguém de fora da cidade”.

    “Em função desta dificuldade, solicitamos a divulgação das imagens do suspeito na imprensa”, disse Telles. A Qwerty Portal de Notícias publicou a matéria no final da tarde de segunda-feira (11), e poucas horas depois, algumas pessoas entraram em contato com a polícia e passaram informações que levaram a identificação do acusado. Imediatamente, foi solicitada a prisão de Pablo junto ao Poder Judiciário e um mandado de busca e apreensão na sua casa, em função dos dois assaltos.

    Telles falou também que “na manhã de hoje (13), recebemos o mandado de prisão temporária e o mandado de busca e apreensão expedidos pela Comarca local, pois tínhamos a intenção de encontrar a arma do crime, as roupas utilizadas, dinheiro que ele ainda tivesse em seu poder e a bicicleta que era conduzida naquele dia, sendo que no início da tarde, nos deslocamos até a residência de Pablo, com o apoio da Brigada Militar, e efetuamos sua prisão”.

    “Recebemos a informação de que ele poderia estar trabalhando fora deste horário, por isso optamos pelo horário de almoço, e quando chegamos, encontramos ele e a esposa. Iniciamos as buscas e encontramos a arma utilizada nos crimes, as roupas que ele usava no dia dos fatos, a bicicleta e, para nossa surpresa, uma grande quantidade de maconha, cerca de quase um quilo, crack e cocaína também, uma balança de precisão utilizada para separar a droga, além de cerca de R$ 1.500,00 em dinheiro”, acrescentou Telles.

    Por este motivo, Pablo foi preso temporariamente pelos assaltos e em flagrante por tráfico de drogas e posse de arma de fogo. Após o registro, ele será encaminhado ao Presídio Estadual de Dom Pedrito. Ainda conforme Telles, durante o momento em que foi feita a foto do acusado, ele ficou de frente e pediu que divulgasse sua imagem.

    O acusado possui família em Dom Pedrito, mas residia na região metropolitana, sendo que em 2014 ele cometeu um assalto em São Leopoldo e foi preso em flagrante na
    época do crime. Por este motivo, Pablo cumpria pena no presídio daquela cidade, mas acabou sendo transferido para o PEDP. “Recentemente, ele foi colocado em liberdade, e aí estava nossa dificuldade de identificá-lo, pois não era realmente conhecido do dia a dia dos policiais”, finalizou Telles.


    Warning: A non-numeric value encountered in /home/qwerty/www/wp-content/themes/newspaper-original/includes/wp_booster/td_block.php on line 1009