Justiça mantém a prisão de Jaíne Fontoura acusada de tráfico de drogas

    O Juiz da 1ª Vara da Comarca de Dom Pedrito, Luis Filipe Lemos Almeida, manteve a prisão de Jaíne Fontoura Goularte, de 23 anos. Ela foi presa em flagrante após entrar no PEDP com drogas em suas partes íntimas. A acusada, que já responde em outro processo por tráfico de drogas, irá permanecer na casa prisional à disposição da Justiça.

    Relembre o caso

    Na tarde de 27 de agosto, por volta das 15h, Jaíne Fontoura Goularte foi presa em flagrante após entrar no Presídio Estadual de Dom Pedrito (PEDP) com drogas em suas partes íntimas. De acordo com boletim de ocorrência, uma agente penitenciária relatou que foi recebido um ofício da Brigada Militar informando que Jaíne iria entrar na casa prisional no próximo dia de visita portando drogas. Com base nesta informação, na tarde de ontem, quando ela chegou ao PEDP, foi comunicada da denúncia e convidada a comparecer ao Pronto Socorro para realizar um exame de raio x.

    No local, a acusada pediu para ir ao banheiro, onde foi acompanhada por uma agente que pediu para Janíe entregar o que possuia, pois o exame iria mostrar o que ela carregava. Neste momento, Jaíne entregou a droga que carregava em suas partes íntimas, acondicionada dentro de um preservativo, contendo uma trouxinha de uma substância semelhante à cocaína com 4,17 gramas, duas trouxas de uma substância com características e aparência de crack com 8,90 gramas e um tijolo pequeno com características e cheiro semelhante à maconha, com 48 gramas.

    Ainda conforme boletim, Jaíne iria visitar sua mãe. A delegada plantonista Caren Adriana Silva do Nascimento, que veio à Dom Pedrito, determinou que fosse realizado o flagrante delito por tráfico de drogas. A ocorrência que iniciou no meio da tarde, só foi finalizada no final da noite, por volta das 23h, quando Jaíne foi encaminhada ao Presídio Estadual de Dom Pedrito, após ter passado pelo Pronto Socorro para exame de corpo de delito. Em consulta ao sistema, foi constatado que a acusada já possui passagens pela polícia, entre elas por tráfico e roubo com tentativa de latrocínio. A Justiça manteve o pedido de prisão da acusada.


    Warning: A non-numeric value encountered in /home/qwerty/www/wp-content/themes/newspaper-original/includes/wp_booster/td_block.php on line 1009