Em Assembleia, Cpers/Sindicato decide por greve

    (Foto: divulgação/FREDY VIEIRA/JC)

    Em assembleia geral na manhã desta terça-feira (5), os professores da rede estadual do Rio Grande do Sul vinculados ao Cpers/Sindicato decretaram greve da categoria por tempo indeterminado. A paralisação deve permanecer até que o governo de José Ivo Sartori integralize os salários. Neste mês, a categoria recebeu apenas R$ 350,00.

    Os professores cobram, ainda, que o governo pague os juros que categoria teve de pagar ao Banrisul devido ao parcelamento das remunerações. Após concentração no Largo Glênio Peres, no Centro Histórico de Porto Alegre, os professores seguiram em caminhada em direção à Praça da Matriz para protestar em frente ao Palácio Piratini.

    Jornal do Comércio


    Warning: A non-numeric value encountered in /home/qwerty/www/wp-content/themes/newspaper-original/includes/wp_booster/td_block.php on line 1009