Dom Pedrito registra duas tentativas de homicídio em menos de 6h; BM prendeu os dois acusados

    Entre o início da noite de ontem (03) e a madrugada desta segunda-feira (04), foram registradas duas tentativas de homicídio na cidade. A vítima do primeiro crime, que levou sete facadas, se recuperava bem, mas piorou e foi encaminhada para UTI. Já a segunda vítima do fato ocorrido na madrugada teve que passar uma cirurgia de urgência devido aos diversos ferimentos que sofreu, e segundo informações, precisa de pelo menos 48h à 72h para que se possa ter um quadro mais preciso quanto à sua recuperação.

    A primeira tentativa ocorreu por volta das 20h30, quando um homem de 63 anos foi esfaqueado por diversas vezes em uma lancheria localizada na Rua Joana de Assis Brasil. De acordo com boletim de ocorrência, a Brigada Militar foi chamada para atender uma tentativa de homicídio na Lancheria da Eva. A vítima teria levado sete golpes na região do tórax, abdômen e no braço.

    Ainda conforme boletim, o idoso estava consciente e disse que estava na lancheria, quando um homem, o qual não conhece, o atacou pelas costas desferindo-lhe golpes de arma branca. Também conforme a vítima, sua filha estava junto, mas não sabem qual seria a motivação para o fato. O idoso foi socorrido por uma pessoa, que o levou até o Pronto Socorro (PS) para atendimento.

    Já o acusado, identificado como Carlos Leomar Ferreira Souza, de 34 anos, se apresentou no esquadrão da Brigada Militar, entregando, inclusive a arma branca utilizada no crime. De imediato, ele foi conduzido ao PS para exame de corpo de delito e, posteriormente, à Delegacia de Polícia para registro de ocorrência. O delegado plantonista Cristiano Ritta determinou a lavratura do flagrante, sendo comunicados o Poder Judiciário e o Ministério Público. O indiciado não indicou advogado, e disse que desejava ser atendido por um Defensor Público. Após registro do flagrante, Carlos foi recolhido ao Presídio Estadual de Dom Pedrito onde irá permanecer à disposição da Justiça.

    Já a segunda tentativa de homicídio ocorreu na madrugada desta segunda-feira (04), por volta das 2h20. Conforme boletim, a Brigada Militar recebeu um telefonema via 190, comunicando que um homem teria sido esfaqueado na Rua Coronel Urbano, e estaria gravemente ferido. Chegando ao local, os policiais militares foram informados que a vítima já havia sido removida ao Pronto Socorro. A guarnição conversou com algumas pessoas no local, que conseguiram ver as agressões e identificaram o autor do delito.

    Segundo estas testemunhas, Leandro Fernandes Maia, de 24 anos, seria o acusado de atacar a vítima de 22 anos. Após reconhecimento do suspeito, a guarnição deslocou-se até sua casa, onde os policiais fizeram contato com a mãe do acusado. Ela disse que o filho estava dormindo e não autorizou a entrada dos policiais na residência. Durante o trajeto até o PS, os policiais que trafegavam pela Rua Antônio Claro Vieira, acabaram se deparando com Leandro, e acabaram detendo o acusado para identificação.

    As testemunhas foram chamadas para realizar reconhecimento do suspeito, e todas elas o identificaram como autor do esfaqueamento. Em seguida, ele foi conduzido ao PS para exame de corpo de delito, e após para a Delegacia de Polícia para registro de ocorrência. Ainda conforme boletim, o acusado apresentava ferimentos no braço e marcas de sangue. O delegado Cristiano Ritta determinou lavratura do auto de prisão em flagrante por tentativa de homicídio. O acusado também não indicou nenhum advogado, mas sua irmã, que acompanhou o flagrante, manifestou que ele seja representado por um Defensor Público. Após, Leandro também foi recolhido ao Presídio Estadual de Dom Pedrito, onde também permanece à disposição da Justiça.


    Warning: A non-numeric value encountered in /home/qwerty/www/wp-content/themes/newspaper-original/includes/wp_booster/td_block.php on line 1009