CDL mostra resultados de projeto que “adotou” escola municipal Alexandre Vieira

A escola municipal Alexandre Vieira, prestes a completar 35 anos, no dia 13, teve sua infraestrutura remodelada, graças ao projeto idealizado pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), que proporcionou as melhorias no educandário. Em cerimônia, na manhã desta quarta-feira (9), a diretoria da entidade realizou a ‘reinauguração’ do prédio, prestando contas de todas as melhorias implementadas, além de projetos futuros.

A diretora da escola, professora Roseli Correa, na abertura da cerimônia, agradeceu aos colaboradores que já prestaram auxilio ao educandário. “A sala de informática, doada por Gustavo Lermen, a biblioteca, a pracinha e os bancos de jardim, doados pelo Rotary Obelisco da Paz, reforma e pintura da pracinha do pré-escolar, doação da CDL e seus parceiros com apoio da Prefeitura, as mães da localidade de Leões, que se uniram e doaram tintas e materiais de limpeza. Nossa banda, que concretizamos com apoio de todo o grupo de trabalho da escola”.

O empresário Marcos Firpo, que compõe a diretoria da CDL, relatou, durante seu pronunciamento, todo o trabalho que foi realizado durante o período: retirada de árvores que estavam prejudicando a estrutura do educandário, troca de mais de 50 vidros, reposição de telhas quebradas, instalação de calhas, instalação de encanamentos, substituição de uma porta, pintura geral, reparos nos rebocos e restauração dos quadros. As salas de aula também ganharam ripas de madeira para fixação de cartazes, reparos nos armários, limpeza nos pátios e reforma nos brinquedos da pré-escola. “Mais importante é o que falta fazer, temos algumas metas, bastante desafiadoras. Não viemos aqui só reformar o prédio, nossa ideia é muito mais, como formação e inclusão, de uma maneira que os alunos e os pais tenham uma visão mais abrangente do que é nossa sociedade”, enfatiza Firpo. Para breve, a CDL planeja palestras para a comunidade escolar, visitas a empresas do município, além de outros projetos, como uma horta comunitária. “A Emater já se prontificou, também, um pomar e um jardim”.

Firpo relatou que o laboratório de informática – que já está recebendo atenção de alunos da Qwerty Escola de Educação Profissional – está sendo reativado, além da instalação de videomonitoramento. Um intercâmbio com a escola Nossa Senhora do Horto, para que os estudantes compartilhem conhecimentos, também está sendo planejado.

O presidente da CDL, Oberti Garcia Belifel, salientou que a entidade continuará parceira da escola Alexandre Vieira. “Além de nós nos preocuparmos em desenvolver nosso comércio, também nos preocupamos com a parte social, com o desenvolvimento de nossa cidade (…) temos o pensamento de que vamos melhorar nossa cidade, nosso estado e o Brasil nas salas de aula, através da nossa educação”, justificou o presidente, pontuando que os jovens estudantes serão o futuro de Dom Pedrito. “Dizer a juventude que vale a pena ficar em Dom Pedrito, morar em Dom Pedrito, vale a pena trabalhar nas lojas e indústrias, montar o seu negócio (…), mas para isso, temos que melhorar agora, começar a trabalhar”.

O vice-prefeito Alberto Rodrigues também se pronunciou, parabenizando a CDL pelo projeto e pela atenção dada a escola. Mesma linha da secretária de Educação Melize Quadros Xavier, que afirmou sobre a importância dos investimentos na educação e a iniciativa da entidade.

Após a cerimônia, a banda da escola realizou uma apresentação no pátio, posteriormente, um parabéns simbólico entoado na biblioteca. Também estiveram na cerimônia vereadores, secretários, representantes de clubes de serviços e membros da comunidade escolar.

Veja, no vídeo, um “antes e um depois” das obras. Também, o pronunciamento do presidente Oberti Belifel.


Warning: A non-numeric value encountered in /home/qwerty/www/wp-content/themes/newspaper-original/includes/wp_booster/td_block.php on line 1009