Pedritense foge do Presídio Estadual de São Gabriel

    Arquivo Portal Qwerty

    Na manhã de hoje (06), o apenado pedritense Patrick Silva Peçanha fugiu do Presídio Estadual de São Gabriel onde se encontrava preso. De acordo com informações, ele teria fugido com outro comparsa. Também recebemos a informação de que a Brigada Militar segue as buscas pelo apenado, que já é considerado foragido. A fuga ocorreu durante o horário de sol na casa prisional, entre 9 e 10 horas.

    Patrick teria fugido em companhia de Guilherme Marcondes, que foi preso logo após no Bairro São Clemente. O apenado pode estar na região norte da cidade, pois ele foi visto pelo Bairro 3 de Outubro. Ainda de acordo com informações, ele estaria usando uma camisa vermelha, sem calçado e apresentando um ferimento. O local para onde ele fugiu é de difícil acesso, e moradores da região relataram ter ouvido vários disparos de armas de fogo.

    Informações também podem ser repassadas para a Polícia Civil ou Brigada Militar de Dom Pedrito, pois não está descartada a possibilidade de Patrick estar vindo para a cidade.

    Em abril o portal divulgou matéria sobre o foragido (Relembre)

    A Justiça julgou, recentemente, os dois autores do assalto a uma farmácia ocorrido na área central de Dom Pedrito, em fevereiro do ano passado. O resultado foi definido pelo Juiz da 1ª Vara da Comarca local, que condenou Patrick Silva Peçanha à 29 anos e 6 meses de reclusão em regime fechado, além de uma multa de R$ 32.559,00 e Dionathan Carneiro Soares, vulgo “Gato Mestre”, que foi condenado à 15 anos e 10 meses e mais uma multa de R$ 7.040,00.

    De acordo com a decisão, Patrick teve sua pena determinada em cima de vários ítens como roubo, adulteração de sinal identificador de veículo automotor, receptação, porte de arma, tráfico e desobediência. Já o comparsa, Dionathan, teve sua pena definada nos crimes de roubo e adulteração de sinal identificador de veículo automotor.

    O resultado de mais uma decisão rápida, se deve ao trabalho que vem sendo realizado entre o Judiciário, o Ministério Público e as polícias de nosso município, que continuam agindo com muita agilidade e precisão para conter a criminalidade através de penas firmes e dentro da lei.

    Relembre o caso

    Dois homens armados e de capacete renderam uma funcionária e um cliente de uma farmácia localizada na área central da cidade. O assalto ocorreu na noite de quinta-feira (18/02/2016), por volta das 21h45. Os homens chegaram ao local anunciando o assalto, rendendo primeiramente o cliente dizendo para ele deitar no chão.

    Logo depois, um dos assaltantes rendeu a mulher, que teve o celular roubado. Segundo o proprietário da farmácia, eles também roubaram mais de R$ 400,00 em dinheiro. Após o assalto, a dupla fugiu de moto. As câmeras de vídeo monitoramento da farmácia gravaram toda a ação dos bandidos e irão auxiliar a Polícia Civil na elucidação do crime. A Brigada Militar segue fazendo buscas pelos assaltantes. Qualquer informação ligue 190 ou 197.

    Os dois homens foram presos três meses depois durante ação da Polícia Civil de Dom Pedrito e Delegacia Especializada em Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas (Defec) de Bagé

    Dois homens foram presos no final da tarde desta sexta-feira (27/05/2016), por volta das 18h, em uma grande ação entre Polícia Civil de Dom Pedrito e Delegacia Especializada em Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas (Defec) de Bagé. Ambos foram presos em suas casas, sendo que um deles tentou resistir a prisão.

    De acordo com o delegado Cristiano Ribeiro Ritta, Dionathan Carneiro Soares, vulgo “Gato Mestre”, e Patrick da Silva Peçanha foram autuados por tráfico de drogas, porte ilegal de arma, tentativa de roubo e tentativa de homicídio. “O setor de investigações da delegacia de Dom Pedrito já vinha monitorando a dupla e, no início da manhã de hoje, nós confirmamos a informação de que eles estariam programando um roubo e um homicídio na cidade”, informou Ritta, acrescentando que no final da tarde os agentes, divididos em duas equipes, foram nas casas dos indivíduos e efetuaram as prisões.

    Durante a ação, os policiais conseguiram apreender dois revólveres calibre .32 em posse de Patrick – que tentou se desfazer das armas jogando-as no esgoto – mas os agentes foram rápidos e conseguiram apreender os revólveres. Gato Mestre foi preso em sua casa, pouco antes de ir ao encontro de Peçanha para cometerem os crimes. Buchas de cocaína e uma porção de maconha foram encontradas em posse de Patrick. “Eles iam cometer o assalto em um estabelecimento comercial da cidade e depois iam matar um desafeto do Dionathan”, contou o delegado.

     


    Warning: A non-numeric value encountered in /home/qwerty/www/wp-content/themes/newspaper-original/includes/wp_booster/td_block.php on line 1009