Reduz número de acidentes, mas mortes aumentam nas rodovias federais gaúchas

    As rodovias federais no Rio Grande do Sul contabilizaram queda em acidentes com e sem feridos e ligeira alta no número de mortes. Os dados referem-se ao primeiro semestre deste ano, na comparação ao mesmo período do ano passado. Acidentes em geral somaram 3.280 ocorrências em 2017, contra 4.143 ano passado. O recuo é de 20,8%. Já os acidentes – aqueles que envolvem feridos – caíram de 613 para 553, baixa de 9,7%. As informações são da Rádio Gaúcha.

    Por outro lado, o número de mortes teve alta de 2,6%. Foram 189 no primeiro semestre do ano passado ante 194 agora. A PRF avalia que o policiamento preventivo é a principal explicação para a redução dos acidentes. E, por isso, há preocupação com o recente corte de recursos determinado pelo governo federal, que obrigou a corporação a suspender o patrulhamento e a fiscalização.

    – A PRF tem buscado, diariamente, um diálogo com os ministérios da Justiça e do Planejamento para recompor esse orçamento e possamos voltar a atuar no policiamento preventivo. Há uma preocupação com a possibilidade da elevação dos números de acidente, de feridos e mortes -, afirma o chefe da Comunicação Social da PRF no RS, Rodrigo Rodrigues.

    Desde o corte orçamentário, anunciado no início deste mês, a Polícia Rodoviária Federal mudou a forma de atuar. Entre outras coisas, passou a atender apenas acidentes com feridos e ocorrências que tragam risco aos demais motoristas, como a retirada de animais da pista.

    Gaúcha


    Warning: A non-numeric value encountered in /home/qwerty/www/wp-content/themes/newspaper-original/includes/wp_booster/td_block.php on line 1009