Secretário de Saúde do Estado ratifica para provedor que recurso para UTI não será liberado este ano

    (Foto: arquivo)

    O provedor da Santa Casa de Caridade de Dom Pedrito, Luiz Carlos Moraes Costa, que esteve em audiência com o secretário de Saúde do Estado, João Gabbardo, na semana passada, informou, no seu retorno, ter o secretário deixado claro o que já havia manifestado anteriormente ao próprio Moraes: que neste ano 2017, o Estado não terá condições de repassar à Santa Casa de Dom Pedrito os R$ 671 mil que ficaram no Orçamento do Estado, a partir de emenda apresentada pelo deputado estadual Luís Augusto Lara (PTB), visando a aquisição de equipamentos para a UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) do Hospital São Luiz.

    “Participaram daquela audiência, além de mim e o deputado Lara, também representantes da Santa Casa de Bagé e do Hospital Universitário da vizinha cidade. O secretário disse a todos que nossas instituições não podem contar com recursos este ano”, reporta o provedor.

    Desta maneira, ficam mais do que justificadas as ações que estão sendo desenvolvidas em nível municipal, de captar-se recursos para equipar a UTI através da Ação Entre Amigos, que sorteará uma camionete SW4 doada pela família Pötter; também via destinação antecipada de R$ 180 mil das ‘sobras’ da Câmara de Vereadores previstas para este ano legislativo; e, ainda, das doações de empresas e clubes de serviço que já estão acontecendo, para a compra pontual de alguns dos equipamentos necessários – campanha essa também liderada pela direção da Santa Casa.

    Por: Silvio Bermann