Estreia “Mulher do pai” filme gravado na Vila de São Sebastião

    Foto: Gustavo Galvão/Divulgação

    Segundo a Revista do Cinema, Mulher do Pai, primeiro longa de Cristiane Oliveira, estreiou nos cinemas brasileiros na quinta, dia 22. Protagonizado por Maria Galant e Marat Descartes, o filme conta a trajetória da adolescente Nalu, que precisa cuidar do pai cego, após a morte da avó. Quando a recente proximidade dá lugar ao ciúme, os dois precisam aprender a lidar com essa nova condição.

    O filme já arrebatou oito prêmios em festivais nacionais, entre eles, o de melhor Direção no Festival do Rio e Prêmio ABRACCINE na Mostra Internacional de São Paulo, ambos em 2016, além de ter sido selecionado para importantes festivais internacionais, como os de Berlim, Guadalajara e o do Uruguai – onde ganhou o prêmio da FIPRESCI na competição Iberoamericana.

    O longa conta com a participação do ator paulista Marat Descartes (Trabalhar Cansa) e da atriz uruguaia Verônica Perrotta, que ganhou o prêmio de Melhor atriz pelo filme no Festival do Rio, além de apresentar a jovem gaúcha Maria Galant.

    A filmagem ocorreu entre maio e junho de 2015, e a produção encontrou diversas situações adversas devido às distâncias e às condições das estradas. Com ajuda dos municípios que acolheram o projeto (Dom Pedrito, Bagé e Lavras do Sul) e apoio do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (DAER-RS), foram feitas melhorias nas vias de acesso à Vila de São Sebastião (Torquato Severo), em Dom Pedrito.

    O apoio da comunidade criou condições para hospedar a equipe nas casas da região, promovendo a integração entre os profissionais do filme e os locais. O movimento na economia de São Sebastião foi um dos reflexos gerados pela produção, na qual cerca de 40 habitantes participaram de alguma forma.

    Homens e mulheres, de diversas idades, que puderam trabalhar como motoristas, assistentes e consultores, entre outras funções. Também foi realizada uma oficina de cinema para estudantes da escola local, sendo que muitos dos jovens participariam, posteriormente, como figurantes no filme.

    Mulher do Pai é uma coprodução Brasil-Uruguai, produzida pela Okna Produções com a Transparente Filma, e distribuído pela Vitrine Filmes.

    A parceria de sucesso com o país vizinho trouxe talentos uruguaios renomados internacionalmente, como o consultor de arte Gonzalo Delgado (diretor de arte do filme “Whisky”, de Pablo Stoll e Juan Pablo Rebella); o técnico de som Raúl Locatelli (“Luz Silenciosa”, de Carlos Reygadas); o produtor Diego Fernández (“Whisky”); a atriz Verónica Perrotta (“Whisky” e “Acné”, de Federico Veiroj); e o ator Jorge Esmoris (“Artigas: La Redota”, de César Charlone).

    Fonte: Gazeta de Caçapava