União fará mutirão para agilizar envio de recursos a municípios prejudicados pelo mau tempo no RS

    Dois técnicos do Ministério da Integração Nacional desembarcam segunda-feira (19) em Porto Alegre e se somam a outros dois servidores que já atuam na capital gaúcha para um mutirão. A força-tarefa tem o objetivo de analisar minuciosamente toda a documentação encaminhada pelos municípios que informaram situação de emergência devido ao mau tempo – Dom Pedrito está entre essas cidades. As informações são da Gaúcha.

    Até o momento, são 131 municípios nessa condição. No entanto, a Defesa Civil Estadual avalia que menos da metade – cerca de 60 – estão aptos para receber, neste primeiro momento, recursos anunciados nesta sexta-feira (16) pelo governo federal.

    “São aqueles municípios que já preencheram toda a documentação, que já foi encaminhada ao governo federal com parecer favorável para homologação”, explica o coordenador estadual da Defesa Civil, coronel Alexandre Martins.

    Ainda não há previsão de quando os recursos federais chegarão de fato aos municípios gaúchos. Apesar do anúncio do Palácio do Planalto, a liberação dos cerca de R$ 50 milhões ainda não foi oficializada com a publicação no Diário Oficial da União. A expectativa é que R$ 30 milhões venham para o Rio Grande do Sul e o restante, para Santa Catarina.

    Depois de uma semana sem chuvas, 318 famílias continuam desalojadas ou desabrigadas no Estado. O município com a situação mais crítica é Itaqui, com 152 famílias fora de casa.

    Gaúcha