Acusado de tentativa de homicídio irá a Júri Popular nesta quarta-feira (14)

    Luis Felipe Teixeira preso dia 13 de outubro de 2015

    O jovem Luis Felipe Teixeira Gonçalves, acusado de tentativa de homicídio ocorrida em outubro de 2015, nas proximidades da agência dos Correios, irá a Júri Popular nesta quarta-feira (14). O réu foi acusado pelo Ministério Público de desferir golpe de arma branca contra Ezequiel Borges Alves, com a intenção de matá-lo, causando-lhe ferimento na vértebra lombar direita, com aproximadamente seis centímetros. O fato ocorreu no dia 12 de outubro de 2015, por volta das 21h, na área central da cidade.

    Refere ainda a denúncia a motivação fútil, pois a agressão derivou de um desentendimento pretérito, motivo que o reputa banal e insignificante para tão violenta ação, bem como o emprego de recurso que dificultou a defesa da vítima, pois golpeada pelas costas e de surpresa enquanto transitava na via pública. Luis Felipe foi preso em flagrante, sendo o acusado recolhido ao Presídio Estadual de Dom Pedrito no dia seguinte ao fato. A denúncia foi recebida em 16 de novembro de 2015.

    Relembre o caso

    A Brigada Militar de Dom Pedrito prendeu na madrugada do dia 13 de outubro de 2015, Luís Felipe Teixeira Gonçalves “Gordo do Boca”, 21 anos de idade, acusado do crime de tentativa de homicídio ocorrida por volta das 21 horas de ontem (12) na Praça General Osório. De acordo com boletim de ocorrência, a vítima informou aos policiais que estava com um amigo na Praça General Osório, pela Rua Borges de Medeiros, quando notou que pelas suas costas se aproximou uma motocicleta com duas pessoas. A vítima ainda contou que tomou uma facada pelas costas e que reconheceu apenas o acusado Luís Felipe. A outra pessoa que estava na motocicleta não foi identificada.

    Com essas informações, os policiais solicitaram o apoio da guarnição da Patrulha Rural e prenderam Gordo do Boca em sua casa. Ainda conforme a ocorrência, ele confessou ser o autor da tentativa de homicídio e disse que colocou fora a faca utilizada no crime. Luís Felipe não quis entregar o outro indivíduo que estava na motocicleta com ele, e decidiu permanecer em silêncio na Delegacia de Polícia, onde esteve acompanhado pelo seu advogado.

    A vítima foi removida com urgência para a cidade de Bagé, devido a gravidade do seu ferimento, pois, segundo informações, teve o rim perfurado. O delegado autuou o jovem em flagrante pelo crime de tentativa de homicídio. Após registro, ele foi levado para o Presídio Estadual de Dom Pedrito.