Dados do Idese apontam queda nos indicadores do município

    A Fundação de Economia Estatística (FEE) divulgou os dados do Índice de Desenvolvimento Socioeconômico (Idese), com base no ano de 2014, levando em consideração três aspectos: Renda, Saúde e Educação. Com a maioria dos municípios da região ocupando posições entre os últimos 150, o ranking mostra que precisamos avançar bastante para oferecer melhor qualidade de vida aos munícipes que vivem na fronteira. 

    Dom Pedrito ocupa a 372ª posição entre os municípios gaúchos, levando em conta os três aspectos avaliados. Apenas no aspecto ;Educação, o município está em 391º no ranking do Idese, Saúde, 447º e em Renda, 276º. Se comparado com o ano anterior, 2013, houve um queda na avaliação geral, quando o município ocupava a 363ª colocação. Ainda em relação ao ano anterior, a Educação pedritense ocupava a 373ª no ranking, Saúde 434º e Renda 272º.

    Se comparados os municípios no entorno – não apenas a Campanha – se observa que a região possui problemas semelhantes no que tange os aspectos avaliados.

    Veja o ranking regional (Índice maior ou igual a 0,800 é considerado como de alto desenvolvimento socioeconômico)

    275 – Aceguá – 0,741

    339 – Bagé – 0,719

    372 – Dom Pedrito – 0,705

    388 – Hulha Negra – 0,699

    400 – Rosário do Sul – 0,693

    414 – Santana do Livramento – 0,688

    415 – Caçapava do Sul – 0,687

    429 – Lavras do Sul – 0,681

    441 – São Gabriel – 0,672

    Se levar em consideração os dados regionais, Dom Pedrito ocupa a 3ª colocação, atrás de Aceguá e Bagé. A “lanterna” é de São Gabriel – curiosamente, o município que mais arrecadou impostos até o início deste mês, conforme matéria publicada pela Qwerty Portal de Notícias. Nenhum dos municípios apresenta mais de 0,800 – considerada uma pontuação ideal. 

    O ranking é liderado pelo município de Carlos Barbosa, localizada na Serra Gaúcha. A última colocação é do município de Dom Feliciano. Para acessar os dados, basta clicar aqui