Dom Pedrito registra óbito por Gripe A

    (Foto: Arquivo)

    O secretário municipal de Saúde, Dr. Ari Castro Neto, confirma a ocorrência da primeira vítima do ano, em Dom Pedrito, por Gripe A, mais exatamente pelo vírus H3N2. Trata-se de um homem com mais de 66 anos de idade (e que apresentou comorbidades, isto é, a pré-existência de outras doenças que se associaram à gripe, no caso desta vítima hipertensão e enfisema pulmonar). Detalhe importante: ele não havia se vacinado nos últimos 12 meses.

    “A internação do referido paciente ocorreu no dia 10 de maio, apresentando quadro de gripe, febre, dor no corpo e, posteriormente, falta de ar e redução do oxigênio sanguíneo, tendo sido imediatamente medicado com Oseltamivir (o Tamiflu)”, destaca o dr. Ari.

    O falecimento do paciente se deu dois dias depois da internação, isto é, em 12 de maio. A coleta de material (secreções) havia sido enviada para Porto Alegre e o resultado, comprovando diagnóstico de Gripe A H3N2, chegou a Dom Pedrito ontem, quarta-feira (17), à tarde.

    Desta forma, o município entra para as estatísticas de vítimas da Influenza no Estado do Rio Grande do Sul neste 2017, que já contabilizava dois óbitos, ambos em Porto Alegre – sendo um homem de 61 anos e outro de 70 anos – nenhum deles tendo recebido vacina nos últimos 12 meses.

    Por: Silvio Bermann

    Jornalista – MTE 18.189