1º Fórum de Desenvolvimento Regional será realizado nesta sexta-feira

    (Foto: Reprodução)

    O professor Luciano Munhoz, que está organizando, com o Sindicato Rural de Dom Pedrito, o I Fórum de Desenvolvimento Regional com ênfase em Mineração, confirma a realização do evento nesta sexta-feira (12), a partir das 14h, no salão nobre da entidade sindical (Av. Rio Branco, esquina Av. Barão do Upacaraí), com apoio do Departamento de Meio Ambiente (Dema) da prefeitura de Dom Pedrito e entrada franca.

    A iniciativa surgiu – explica Luciano – a partir da falta de informações das comunidades da região acerca dos empreendimentos de mineração que estão sendo anunciados para a região da Campanha. “Já existem 182 pedidos de mineração para essa região, e precisamos saber mais sobre essas atividades antes de nos posicionarmos a respeito”, anuncia o professor.

    O evento terá o formato de palestras, apresentadas por cientistas de renome que, em suas áreas de atuação, há muitos anos acompanham empreendimentos de mineração pelo País; seguir-se-á um período de debates e perguntas aos convidados e, finalmente, a elaboração de uma Carta de Intenções que será enviada à Fepam (Fundação Estadual de Proteção Ambiental) e outros órgãos afins.

    Pela ordem, as palestras, que terão duração entre 40 minutos e 1 hora, no máximo, estarão assim dispostas:

    – 14h: Professor dr. Antônio Philomena – Bacharelado em Oceanografia (Furg), mestre em Ecologia de Estuários (Lousiana State University) e dr. em Ecologia (University of Georgia). Há cerca de 15 anos tem sido convidado para realizar perícias em acidentes e desastres ambientais por órgãos federais, estaduais e municipais. Atuou, inclusive, no desastre de Mariana (MG), quando, em 2015, houve o rompimento de barragem da mineradora Samarco, afetando 39 cidades, de Minas ao Espírito Santo. Na ocasião, o prof. Philomena foi contratado pela própria comunidade e trabalhou sem remuneração.

    – Dr. Pesquisador Marcos Flávio Silva Borba – Possui graduação em Medicina Veterinária pela Fundação Átila Taborda – Faculdades Unidas de Bagé – FAT-FUNBA (atual Urcamp), mestrado em Ciências Veterinárias pela Faculdade de Veterinária da UFRGS e doutorado em Sociologia, Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável pela Universidade de Córdoba, Espanha. Atualmente é pesquisador da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), atuando principalmente nos seguintes temas: Agroecologia e desenvolvimento territorial endógeno.

    – Prof. Dr. Althen Teixeira Filho – Possui graduação em Medicina Veterinária pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel), especialização em Anatomia dos Animais Domésticos pela Universidade de São Paulo, mestrado em Anatomia dos Animais Domésticos e Silvestres pela Universidade de São Paulo, doutorado em Anatomia Humana pela Escola Paulista de Medicina e pós-doutorado pela Medizinische Universität Zu Lübeck, da Alemanha. Tem experiência na área de Morfologia, com ênfase em Anatomia, atuando principalmente nos seguintes temas: Sistema de condução de estímulos, nó sinoatrial, coração, bovinos. Atualmente é professor titular da UFPel.

    – Profa. dra. Jaqueline Durigon – Doutora em Botânica pela UFRGS, mestre em Botânica pela mesma universidade, bióloga licenciada pela UFSM.  Foi coordenadora do Curso de Licenciatura em Educação no Campo nos anos de 2015-16. Tem experiência na área de Botânica, atuando principalmente nos seguintes temas: Conservação Natural e Cultural do Bioma Pampa, Florística e Ecologia de Agrossistemas, Ensino de Ciências na Educação do Campo. Atualmente é professora adjunta da Universidade Federal do Rio Grande (Furg).

    Por: Silvio Bermann

    Jornalista – MTE 18.189