Bagé: Mais de 70 quilos de produtos de origem animal são apreendidos

    (Fotos: Divulgação)

    Em nova operação do grupo de Ações Integradas de Segurança Rural (Acinser) realizada ontem, quarta-feira (3), em três estabelecimentos comerciais de Bagé localizados nos bairros Hidráulica, Parque Marília e centro, foram apreendidos mais de 70 quilos de produtos de origem animal.

    Conforme o coordenador do grupo, Reni Dorneles, somente em um restaurante na área central, foram apreendidos, pela Vigilância Sanitária, 72,5 quilos de produtos de origem animal. “A apreensão foi por estarem fora de temperatura adequada, com freezer desligado e com descongelamento de maneira totalmente inadequada. Inclusive, carnes cozidas misturadas com carne crua. No mesmo restaurante havia falta de higiene, com os esgotos correndo diretamente para a rua, indo parar em uma boca de lobo” relatou.

    O Corpo de Bombeiros também constatou irregularidades quanto ao uso de gás. “Inicialmente seria interditado, mas, em ato contínuo, usando o bom senso, foram dados 40 minutos para sanar as irregularidades, evitando, assim, o fechamento. A Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) fez uma notificação e deu prazo para adequação”, salientou.

    Em outro estabelecimento, contou Dorneles, a Vigilância Sanitária constatou irregularidades em câmaras frigoríficas, sendo o proprietário orientado.

    Agentes da Secretaria de Economia, Finanças e Recursos Humanos abordaram nove veículos de cargas, sendo verificadas 26 notas fiscais. A Secretaria de Meio Ambiente e Proteção ao Bioma Pampa (Semapa), fez duas notificações para adequação. A Policia Rodoviária Estadual, por sua vez, fiscalizou 31 motoristas, fez oito autuações e recolheu três veículos por infrações ao Código Nacional de Trânsito.

    Dorneles alerta que todos os estabelecimentos que manipulam produtos de origem animal devem buscar orientação junto à Vigilância Sanitária e ao Serviço de Inspeção Municipal (SIM), em especial sobre a legislação em vigor. A Brigada Militar, Polícia Civil e Polícia Ambiental também participaram da ação, que contou com 21 agentes.

    Folha do Sul