Qwerty vence 6º Prêmio Asdep de Jornalismo, deixando Rádio Gaúcha em 2º e Jornal Zero Hora em 3º lugar

Na foto: Presidente da Asdep, delegada Nadine Anflor, delegado Cristiano Ritta, repórter Elliézer Garcez e jornalista Marcelo Brum (Foto: Divulgação)

A Qwerty Portal de Notícias conseguiu mais um feito em sua pequena, mas promissora história. Uma reportagem divulgada há exatamente um ano atrás, no dia 29 de abril de 2016, foi eleita a melhor reportagem de veículo online de 2016, vencendo o 6º Prêmio Asdep de Jornalismo, organizado pela Associação dos Delegados de Polícia do Rio Grande do Sul (Asdep).

Os finalistas foram escolhidos no dia 06 de abril por uma comissão formada pelos Presidentes da ARFOC, Marcelo Campos; do Sindicato de Jornalistas do RS, Milton Simas e o diretor da Associação Rio-grandense de Imprensa, Antônio Silveira Goulart, além da direção da Asdep.

Na noite de quinta-feira (27), os vencedores foram conhecidos em um grande evento na sede da Asdep, em Porto Alegre. Eram cinco categorias premiadas: Melhor fotografia; Melhor Reportagem de Rádio; Melhor Reportagem de TV; Melhor Reportagem de Veículo Impresso; Melhor Reportagem de Veículo Online.

SBT, Grupo RBS, Band e demais veículos de comunicação do interior, incluindo a Qwerty – único veículo representante da região da Campanha – estavam concorrendo nestas categorias citadas acima.

O jornalista Marcelo Brum e o repórter Elliézer Garcez estavam presente no evento e tiveram a grata surpresa e a imensa felicidade em serem anunciados como os vencedores do 6º Prêmio Asdep de Jornalismo na categoria em que concorriam, deixando grandes para trás, como Rádio Gaúcha em 2º lugar e Jornal Zero Hora em 3º.

A reportagem vencedora da Qwerty contou sobre uma das maiores operações policiais realizadas na região da Campanha nos últimos anos. Trata-se da notícia intitulada “Mega Operação Policial é deflagrada em Bagé“. A ação teve coordenação do delegado Cristiano Ritta, titular da Delegacia Especializada em Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas (Defrec).

A convite do delegado, o repórter Elliézer Garcez e o cinegrafista Léo Vitor Louzada Prates foram até Bagé para cobrir toda a ação da Polícia Civil, Brigada Militar e Polícia Rodoviária Federal. Marcelo Brum, jornalista responsável pelo portal, coordenou os trabalhos da dupla de profissionais que estava na vizinha cidade.

A equipe da Qwerty agradece ao convite do delegado Ritta e também a todos que acreditaram no trabalho deste veículo de comunicação desde o seu início, há três anos e meio atrás, pois é um trabalho totalmente voltado para Dom Pedrito e região.

Conheça os vencedores:

Melhor Reportagem de Online

1º Lugar – Marcelo Batista Brum de Brum, Elliézer Garcez e Léo Vitor Louzada Prates (Qwerty Portal de Notícias), com a reportagem ‘Mega operação policial deflagrada em Bagé’;

2º Lugar – Eduardo Matos (Rádio Gaúcha), com a reportagem ‘Seis PMs e um Policial Civil se aposentam por dia no RS’;

3º Lugar – Ronaldo Guilherme Bernardi (Jornal Zero Hora), com a reportagem ‘Em carceragem no palácio da polícia, presos sofrem tentativa de homicídio’.

Melhor Fotografia

1º Lugar – Porthus Brito Junior (Agência RBS), com a reportagem ‘Com recorde de homicídios, Caxias deve receber PMs’;

2º Lugar – Rodrigo Rodrigues Zeibell, com a reportagem ‘Operação desmanche’;

3º Lugar – Felipe Nyland (Oi S.A), com a reportagem ‘Marca histórica de assassinatos deve ser superada em 2016’.

Melhor Reportagem de Rádio

1º Lugar – Eduardo Matos (rádio Gaúcha), com a série de reportagens ‘30 anos depois, presos voltam a ficar em delegacias e até em viaturas’;

2º Lugar – Cid Martins (rádio Gaúcha), com a reportagem ‘Operação Reflexo – Polícia gaúcha combate tráfico de drogas sintéticas em cinco estados brasileiros’;

3º Lugar – José Renato da Silva Andrade Ribeiro (rádio Santa Cruz AM), com a reportagem ‘Rastro Zero’.

Melhor Reportagem de TV

1º Lugar – Fábio Almeida (RBS TV), com a reportagem ‘Operação matriarca – a guerra do tráfico’;

2º Lugar – Marcelo Chemale (SBT), com a série de reportagens ‘Tetos de papel’;

3º Lugar – Luciane Kohlmann Pulz (SBT), com a reportagem ‘10 anos da Lei Maria da Penha’.

Melhor Reportagem de Veículo Impresso

1º Lugar – Natalia Nissen (O Informativo do Vale), com a reportagem ‘Vítimas encontram, na delegacia, o incentivo para enfrentar violência’;

2º Lugar – Letícia Mendes (Gazeta do Sul), com a reportagem ‘O Quadrilheiro’;

3º Lugar – Clarissa Battistella (O Nacional), com a reportagem ‘Classe social determina prisão de criminosos?’.