Agência local dos Correios não adere à greve, mesmo assim, serviço de entregas será prejudicado

    Em assembleia realizada ontem, quarta-feira (26), em Porto Alegre, trabalhadores dos Correios aprovaram greve por tempo indeterminado, justificando o ato pelo fato da ameaça de privatização da estatal, além de planos de demissões voluntárias, fechamento de agências, entre outros.

    Buscamos informações com a agência local, e foi dito à reportagem da Qwerty Portal de Notícias que não houve adesão à greve, com os serviços prestados funcionando normalmente. Entretanto, deverá acontecer um atraso na chegada de encomendas, pois as agências da região central e da região metropolitana, onde muitos dos pacotes passam, aderiram a greve.

    Os Correios enfrentam problemas financeiros, com prejuízos bilionários: em 2015, o prejuízo foi de R$ 2,1 bilhões; enquanto no ano passado, o prejuízo foi de R$ 2 bilhões.