Posto da PRF de Pinheiro Machado será base do Samu; o de Dom Pedrito continua abandonado

    Posto da PRF antes de ser descaracterizado (Foto: Arquivo)

    As informações abaixo são do gabinete do vereador Ronaldo Madruga, de Pinheiro Machado, e também constam em matéria vinculada pelo jornal Tribuna do Pampa:

    “A base do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Pinheiro Machado, que hoje está localizada na rua Barão do Rio Branco, centro da cidade, mudará de local. A unidade passará, em breve, para o prédio do posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), no Km 103 da BR 293. A mudança faz parte de um convênio entre o município e a União. A autorização de acordo de cooperação técnica nº06/2016 foi publicada no dia 6 de janeiro, no Diário Oficial. O anúncio do processo que cede o espaço para a instalação do Samu pelo período de 60 meses, prorrogáveis, foi feito na manhã no último dia 17 de abril, no gabinete do Prefeito José Antônio Duarte da Rosa.

    Entenda o caso

    As tratativas iniciaram ainda em 2014, pela gestão anterior, com o agente Irnei Lucas. Para o ex-secretário da Saúde e agora vereador Ronaldo Madruga (PP), foi uma das formas de manter o posto da Polícia Rodoviária Federal em funcionamento com a base do Samu, compartilhando o espaço. ‘A gestão atual entendeu a importância do convênio. Antes do ex-prefeito José Felipe assinar, ele consultou o prefeito José Antônio da Rosa, que se mostrou favorável. É importante para o município, que ganha com segurança e saúde’, salientou Ronaldo Madruga.  A solicitação de cedência do local foi feita em outubro de 2015. Em maio de 2016, durante agenda em Porto Alegre, o ex-secretário da Saúde e agora vereador solicitou agilidade do processo na superintendência da PRF, pois o pedido teria que ser encaminhado para Brasília”.

    No posto de Dom Pedrito, depredação

    Enquanto isto, em Dom Pedrito, o posto da PRF, construído pela comunidade, já descaracterizado das cores da PRF, e abandonado à sua própria sorte no descampado do meio de uma rodovia federal, ainda vem sendo depredado.

    Chegou-se a cogitar que naquelas instalações, a partir de convênio entre a PRF e o município, poderia funcionar, de forma integrada, a própria PRF e o setor de ICMS (Imposto de Circulação de Mercadorias e Serviços) da prefeitura (ainda que fosse como base fixa, dando suporte à equipe volante de fiscalização).

    No contexto, a assessoria em Dom Pedrito do deputado federal Afonso Hamm (PP), informa que aquele parlamentar, que possui um excelente trânsito junto à Superintendência da PRF – tanto no Estado como em Brasília – já ofereceu ao governo municipal sua intermediação para demandar que Dom Pedrito retome o controle do prédio da PRF na BR 293. Aguarda-se, agora, o desdobramento dos fatos.

    Por: Silvio Bermann

    Jornalista – MTE 18.189


    Warning: A non-numeric value encountered in /home/qwerty/www/wp-content/themes/newspaper-original/includes/wp_booster/td_block.php on line 1009