Ex-candidata a prefeita e ex-candidata a deputada, Lorena Arrué tem nome citado em delação da Odebrecht

(Foto: Reprodução)

As delações da Odebrecht, também chamadas de “delação do fim do mundo” – tamanho o número de pessoas citadas como supostas recebedoras de quantias indevidas, desviadas de obras públicas em que a empresa atuou – respingaram em praticamente todo país. Agora, as delações também refletem em Dom Pedrito: a ex-candidata a prefeitura e ex-candidata a deputada estadual, Lorena de Fátima Arrué, acabou sendo listada em uma planilha, como suposta recebedora.

Conforme o G1, é suspeita de receber R$ 50 mil em doação a pedido dela, em dois pagamentos, segundo planilha do delator Benedicto Barbosa da Silva Júnior, ex-diretor da Odebrecht. A quantia mencionada teria sido a pedido da própria, em 2010. Ainda, no documento, consta que Lorena teria recebido pela alcunha de “Protegida”.

A reportagem da Qwerty Portal de Notícias entrou em contato com Lorena, que se mostrou surpresa com a informação, salientando que nunca teve contato com qualquer diretor da construtora e/ou relacionados. Lorena destacou a situação como surreal, afirmando que, quando candidata, a pedido da então governadora Yeda Crusius (PSDB), contou com doações dentro da legalidade, apenas de familiares e amigos. 

Veja a lista em que o nome de Lorena é citado em http://estaticog1.globo.com/2017/politica/lista-de-fachin/BJ-anexo.pdf