Princípio de incêndio assusta moradores de uma residência do bairro São Gregório

    No início da tarde desta sexta-feira (14), por volta das 13h30, um princípio de incêndio em uma residência na rua 25 de Fevereiro, no bairro São Gregório, mobilizou guarnições da Brigada Militar e Corpo de Bombeiros, além do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). De acordo com o irmão da proprietária da casa, o fogo teria iniciado no botijão que estava em uma área nos fundos da residência. Eles haviam colocado um fogareiro conectado diretamente ao botijão P13.

    Conforme informações repassadas pelo Corpo de Bombeiros, o incêndio provavelmente tenha ocorrido porque foi adaptado um fogareiro diretamente ao botijão, e com o calor houve o rompimento da valvula de segurança. Segundo eles, isso ocorre porque o super aquecimento faz com que esta valvula entre em funcionamento, e assim haja um alívio na pressão, evitando que não ocorra uma explosão. Ainda conforme orientações repassada pelos bombeiros, para o uso correto nestas situações é necessário que seja colocada uma mangueira credenciada pelo inmetro, além do registro de alta pressão que tem a função de fazer esta regulagem.

    Uma senhora de 63 anos que estava na residência no momento em que houve o princípio de incêndio acabou passando mal, por este motivo o SAMU foi acionado. De acordo com os socorristas, ela apresentava um quadro de hipertensão, principalmente porque não havia tomada a medicação diária. Por este motivo, os técnicos em enfermagem a medicaram ainda no local, não sendo necessário sua remoção.