Polícia Civil apreende sementes furtadas e investiga autoria de furto em Dom Pedrito

    Divulgação PC

    Na última terça-feira (11), um empresário do ramo de sementes e alimentação animal foi alertado que cerca de 20 sacas com o logotipo da empresa dele estavam sendo oferecidas em uma rede social onde ocorrem venda e trocas de produtos. Eles desconfiaram porque o produto não havia sido vendido para ninguém nos últimos dias, e decidiram conferir o estoque da empresa. Após a recontagem, notaram a falta das mesmas 20 sacas do produto oferecido.

    Constatado o fato, eles procuraram a Brigada Militar para comunicar e fizeram um boletim de ocorrência. Ontem (12), o setor de Inteligência da Brigada Militar entrou no Facebook e verificou onde o produto estava sendo oferecido, e acabou identificando o rapaz que fazia a venda. Após os policiais entraram em contato com a Polícia Civil – e como era uma situação de flagrante, já que o acusado ainda continuava vendendo – o policial Lauro Telles foi até a residência do indivíduo e encontrou, no fundo da casa, as sacas estocadas em uma peça.

    O rapaz confirmou que comprou as sacas de outro homem, de quem ele costumava comprar ração e comida para animais, mas achou que era uma coisa normal e lícita, e nunca imaginou que pudesse ser produto oriundo de furto. Após a confissão, ele entregou 15 sacas do produto, pois parte delas já havia sido utilizada para os animais que ele possui.

    Ainda conforme Telles, ele indicou de quem havia comprado o produto, e que o indicado foi ouvido na manhã de hoje (13). Segundo o inspetor de polícia, “o segundo envolvido no fato disse que teria comprado de um indivíduo que passou onde ele mora e ofereceu”. Após ser ouvido, ele acabou sendo liberado. A Polícia Civil, agora, irá verificar a versão dos dois rapazes e constatar se realmente eles não tinham conhecimento de que o produto era furtado, e a possibilidade do envolvimento de outras pessoas neste caso. “Queremos saber se realmente existe este terceiro indivíduo indicado pelo segundo rapaz, e iremos esgotar todas as possibilidades até chegarmos ao(s) autor(es) do furto”, disse Telles.