A Fórmula Truck acelera na Fronteira

    Marcelo Pinto / AP

    Caminhões foram para a pista ontem (07) nos treinos livres. Neste sábado (08), ocorre a classificatória e amanhã (09), acontece a corrida, no Autódromo Internacional Eduardo P. Cabrera, em Rivera. Toco Peralta, do Clube de Chevettes, vai aproveitar a onda da Fórmula Truck para exibir a categoria que faz parte para mais de 10 mil pessoas. Assim como Peralta, Fabrício Larratea fará parte do circo da Fórmula Truck neste fim de semana. Mas Larratea vai de caminhão mesmo.

    O piloto uruguaio da Super Turismo de seu país, convidado especial desta segunda edição da categoria em 2017, corre pela primeira vez de caminhão. Na sexta, terminou entre os primeiros nos treinos livres. A auxiliar de serviços Virgínia Rosas, 54 anos, esposa de Dilmar Brum, da Intendência de Rivera e que trabalhou na parte da estrutura elétrica do autódromo para a corrida, não será surpreendida se Fabrício Larratea tiver desempenho igual ou melhor do que os demais pilotos de Fórmula Truck. “Não nos surpreendemos porque é muito bom piloto”, garante Virgínia.

    Na entrevista coletiva, concedida na manhã de sexta, Fabrício, que conhece bem o autódromo de Rivera, até brincou: “O único lugar que vou estar perto deles vai ser aqui eu acho”, dando a entender que, na pista, ficaria distante de pilotos como Paulo Salustiano e Wellington Cirino, da equipe Mercedes. O primeiro venceu a prova inicial temporada; o segundo é apenas multicampeão da Fórmula Truck.

    Os três estavam na coletiva em que também esteve presente Neusa Navarro, presidente da Fórmula Truck, que disse: “Como tudo tem seu tempo, acho que chegou nossa hora de vir para o Uruguai”. E ainda salientou: “Espero que este ano seja o primeiro ano de muitos que a gente venha pra cá”. Sobre abrir portas para outras categorias, como a famosa Stock Car, sempre na boca do povo quanto a sua vinda para a Fronteira, afirmou: “Espero que a vinda da Fórmula Truck pra cá traga outras categorias sim. Acho que as outras categorias precisam vir. Que venham todas as categorias prestigiar o Uruguai, prestigiar Rivera”.
    Pela experiência que tem de automobilismo, o renomado diretor de prova, Carlos Roberto Montagner, há mais de 20 anos na Truck, indicou: “Creio que o Stock Car pode vir pra cá”.

    Antes já tinha dito: “Há um bom tempo ouvimos falar que a Fórmula Truck quer vir pra cá. Realmente é um autódromo em condições de receber qualquer categoria hoje, principalmente a Fórmula Truck”. Montagner trabalhou como diretor de prova da Fórmula 1 e está no automobilismo há mais de 40 anos, convivendo com feras como o lendário Ayrton Senna, do Brasil: “O Ayrton sempre foi um piloto leal, até aparecer o Nakagima. Não preciso dizer nada da técnica dele”, frisou. A presença do polêmico, estranho ou mesmo maluco Nakagima parece ter sido exceção, porque como disse Montagner, “uma coisa era dividir curva com o Patresi, com o Mansell, Piquet, com todos esses”.

    Mas não é apenas Carlos Montagner que tem história com a Fórmula Truck. Com 17 anos de categoria, Alexandre Pietro Castro, do site e programa Mega Truck, enfatizou os diferenciais da “fórmula dos caminhões”: “A Fórmula Truck tem esse diferencial. Desde o mecânico, o faxineiro, até o piloto, todo mundo tem uma igualdade bem bacana”, revelou. E foi além no comentário sobre o circuito do autódromo de Rivera: “Tem um quê de Interlagos. Achei a estrutura do autódromo bem bacana. Principalmente para as pessoas que vão vir, dá pra assistir tudo”.

    Não é só quem é de fora que se impressiona. O cantor Lucas Sugo, natural de Rivera, e que cantará o hino do Uruguai no domingo, ficou extasiado com tudo o que viu na sexta: “Estamos impressionados. É um momento para celebrar, um momento de alegria, um momento de projeção”, sintetizou.
    O cantor foi fotografado pelo repórter fotográfico Marcelo Pinto, do Grupo A Plateia, que também fez outros registros no primeiro dia de Fórmula Truck na Fronteira. Marcelo Pinto ainda fotografou Toco Peralta, da Super Chevettes, que hoje entra na pista do autódromo já de manhã, assim como os caminhões da Fórmula Truck.

    A PROGRAMAÇÃO NO AUTÓDROMO

    SÁBADO – DIA 08/04/2017

    Das 08:30 às 08:50 – 3º Treino Livre – Super Chevetes
    Das 09:15 às 10:00 – 3º Treino Livre – F-Truck
    Das 10:30 às 13:30 – Visitação aos Box – Público
    Das 13:30 às 13:45 – Tomada de Tempo Super Chevetes
    Das 14:00 às 14:15 – 1ª Bateria – Super Chevetes
    Das 14:30 às 14:45 – Treino Classificatório –“ Grupo A” – F-Truck
    Das 14:55 às 15:10 – Treino Classificatório – “Grupo B” – F-Truck
    Das 15:30 às 15:40 – Top Qualifing – F-Truck
    Das 15:50 às 16:05 – 2ª Bateria – Super Chevetes
    Às 16:15 – Volta Rápida – Patrocinadores

    DOMINGO – DIA 9/04/2017

    Das 08:30 às 08:40 – Warm-Up – Super Chevetes
    Das 09:00 às 09:30 – Warm-Up – F-Truck
    Das 09:35 às 09:55 – Volta Rápida – Público
    Das 10:00 às 10:30 – Bateria Final Super Chevetes
    Às 10:35 – Desfile dos Caminhões
    Das 10:40 às 11:40 – Truck Test
    Das 11:45 às 11:55 – Desfile dos Pilotos – F-Truck (caminhões de corrida)
    Das 12:00 às 12:30 – Show de Caminhões – Dani e Junior
    Às 12:40 – Abertura de Box – F-Truck
    Às 12:55 – Fechamento de Box – F-Truck
    Às 13:10 – Placa de 5 Minutos – F-Truck
    Às 13:15 – Bandeira verde para volta de apresentação, mais 01:00 de corrida (prova)
    Às 14:20 – Pódio – F-Truck
    Às 14:30 – Coletiva de Imprensa

    Marcel Neves / A Plateia

    Assista o vídeo