Guarany de Bagé vence o Santa Cruz por 3 a 0

    O time do técnico Geverton fez uma bela partida na tarde/noite de sábado (1º), no Estádio Estrela D’alva, em Bagé. Jogando contra o Santa Cruz, o Guarany teve maior posse de bola e mostrou superioridade durante os 90 minutos.
    Em apenas dois minutos de jogo, Edgar Alemão fazia uma bela jogada na área adversária quando foi derrubado. O árbitro marcou pênalti. Michelzinho foi para a cobrança e colocou para fora a primeira oportunidade da partida.
    No único lance de maior perigo contra a meta alvirrubra, um chute colocado no canto direito, com bela precisão, obrigou o goleiro Anderson a fazer difícil e importante defesa.
    Aos 20, Edgar Alemão invadiu a área, tirou um marcador da jogada e chutou com força em direção ao gol, mas a bola foi desviada pela defesa e subiu. Michelzinho aproveitou a sobra e, de cabeça, colocou fora do alcance de Vandré, abrindo o placar.
    No intervalo, o técnico Geverton cobrou maior marcação aos atletas do Guarany, dando exemplos de situações que não poderiam ocorrer na segunda etapa. Pouco menos de 10 minutos do período final, o Guarany ampliou. Pela linha de fundo da direita, Michelzinho correu e fez um cruzamento milimétrico para Edgar Alemão ampliar. Guarany 2 a 0.
    Ainda pressionando, Renan Guerra, que havia entrado antes do intervalo após contusão de Juninho Botelho, teve três chances para ampliar. Nas duas primeiras, uma bola para fora e outra salva pela defesa quase em cima da linha. Na terceira, o atacante não perdoou e colocou na saída do goleiro Vandré, dando números finais à partida. Guarany 3 a 0 em cima dos visitantes.
    O Guarany subiu para a 5ª posição, mas ainda pode ser ultrapassado por São Gabriel e Guarani de Venâncio até o final da rodada, que se encerra na segunda. Porém, o clube deixou a lanterna, pois passou o Santa Cruz na tabela.
    Inclusive, a próxima partida será novamente com o time santa-cruzense – desta vez nos Plátanos. A partida está marcada para o domingo.
    O Guarany jogou com Anderson, Xandy, Brito, Brunello e Jean Lemos; Cristian, Wellington, Alan Bald (Maicol) e Juninho Botelho (Renan Guerra); Michelzinho (Sapata) e Edgar Alemão.