Menor é agredido e fica com corte profundo na cabeça

    No final da tarde desta segunda-feira (19), por volta das 17h40, a mãe de um menor recebeu a ligação do Pronto Socorro informando que ele havia dado entrada no local com um profundo corte na cabeça. De acordo com depoimento dele, um homem se aproximou a cavalo e perguntou se ele era o “Mica”, e que ele respondeu dizendo que não.

    Em seguida, o acusado teria perguntado o nome do menor, e completou dizendo: “tu lembra do meu pai”. A vítima disse que não era quem ele pensava. Mesmo assim, o homem não acreditou e lhe agrediu com o relho no ombro.

    O menor tentou escapar, mas acabou sendo atingido na cabeça com o cabo do relho. Mesmo atingido, ele conseguiu entrar na Loja Ortobon. O agressor ficou em frente à loja durante algum tempo, mas logo depois, quando notou que o menino sangrava na cabeça, foi embora.

    A vítima relatou que o acusado pode ser filho de um homem que foi vítima de tentativa de homicídio recente na cidade, do qual inclusive foi testemunha. A mãe do menino deseja representar criminalmente contra o acusado, por isso a primeira audiência já ficou marcada para o mês de novembro.