Vaca mecânica passa por melhorias

Foto: Adriano Simões/JPV

O Setor de Abastecimento Popular de Pães da Prefeitura – a Vaca Mecânica –, que tem o importante papel de distribuir pães a entidades beneficentes, escolas municipais e famílias cadastradas junto à Secretaria Municipal do Trabalho e Assistência Social (Smtas), recebeu uma reforma com a finalidade de trazer melhorias na distribuição. A reportagem do Jornal Ponche Verde esteve no local, acompanhada do secretário de Agricultura, Lucidoro Rodrigues, que ressaltou que a padaria popular funciona plenamente produzindo diariamente cerca de 12 mil pães.

O Secretário ainda afirma que a padaria ficou cerca de dez dias sem produção para a realização da obra. O local é dividido em três setores distintos:

Produção: onde são feitos os pães;

Armazenamento: onde são armazenados matéria-prima e insumos

Distribuição: onde são distribuídos os pães aos locais e também às pessoas beneficiadas.

Lucidoro ainda ressalta que a vaca mecânica nunca deixou de funcionar por falta de matéria-prima ou qualquer outro motivo, que a preocupação com a qualidade dos pães oferecidos é constante, e que além das pessoas cadastradas na Secretaria do Trabalho e Assistência Social, os pães são distribuídos em entidades, tais como escolas municipais rurais e urbanas, pelotão mirim e Associação Reto.

Conforme informações repassadas pela secretária do trabalho e Assistência Social, Adriana Dambrósio, além da distribuição dos pães em escolas municipais, entidades assistenciais e albergue municipal, cerca de 147 famílias estão cadastradas na secretaria e recebem diariamente cerca de 2600 pães.

Adriana ainda ressalta que as pessoas que desejam cadastrar-se para o cartão do pão ou precisam realizar a renovação do benefício, devem comparecer na Smtas, localizada na esquina da rua Duque de Caxias com a Coronel Urbano, portando RG, CPF e cartão do pão antigo (no caso de renovação). A secretária salienta que é obrigatório a apresentação do cartão para o recebimento do pão. O beneficiário deve obedecer aos horários estipulados pelos voluntários que fazem a entrega dos pães.

“Alertamos às pessoas beneficiadas que o pão só é entregue à pessoas acima de 14 anos e que também cuidem a assiduidade, pois se o beneficiário ficar três dias sem pegar o pão, será excluído do benefício”, finalizou.