Ônibus da empresa Vaucher causa acidente em Terminal do Centro

    Elis Regina/AP

    O acidente aconteceu na manhã de ontem, por volta das 10h15min. O veículo seguia pela Avenida Tamandaré quando perdeu o controle e atingiu o muro do Terminal de Ônibus. Os passageiros que estavam no interior do ônibus não se machucaram gravemente. No asfalto, sobraram apenas estilhaços e vidros quebrados. A Brigada Militar e agentes de trânsito atenderam a ocorrência e depois de alguns minutos, o carro foi liberado para a garagem da empresa.

    A empresa Vaucher já tinha sido o centro das atenções no mês de julho, quando alguns carros da frota de ônibus passaram por vistoria. Dois deles foram proibidos de circular até resolverem os problemas apontados na inspeção.

    O Carro número 41 da empresa Vaucher, placa IGG 1326 (que também foi vistoriado em julho e guinchado para Rosário do Sul), foi o causador do acidente. Segundo informações colhidas no local, o carro ficou sem freio e atingiu de frente a estrutura do terminal. Uma jovem de nome Bianca reclamou de dores na cabeça após o acidente, mas não recebeu atendimento médico no local.

    A Reportagem do Jornal A Plateia acompanhou o trabalho da Polícia Militar e equipe de trânsito. Depois de retirar todos os passageiros, o ônibus fez uma manobra, seguiu pela Avenida Tamandaré em direção ao Bairro Divisa e depois para a garagem. No relato de populares, a indignação era grande em permitir que o ônibus deixasse o local. Segundo entrevistados, o veículo deveria ser guinchado direto para uma área segura ao invés de seguir em via pública após o acidente.

    Em entrevista com o Secretário de Trânsito, Alencastro Feippe, o mesmo esclareceu que o acidente não foi motivado por falha na vistoria, mas sim, por problemas do veículo que surgiram após a nova verificação.

    “Depois da vistoria no mês de julho, o carro voltou para Livramento e foi novamente vistoriado no início de agosto. As observações foram sanadas, inclusive um problema de freio apresentado na dianteira do veículo. Esta manhã, fomos até a garagem da empresa com um mecânico da Secretaria e os dois confirmaram falha nos freios traseiros do carro, ou seja, um novo problema. Portanto, foi uma falha posterior a segunda vistoria da Secretaria de Trânsito”, disse o secretário. Alencastro informou ainda que o veículo será interditado e retirado de circulação.

    Em contato com a Empresa Vaucher, esta informou que se manifestaria apenas por meio de Nota Oficial de sua Assessoria em Porto Alegre. Em visita à garagem da empresa por volta das 15h, a reportagem verificou que o veículo estava na oficina, mas não encontrou o mecânico responsável pela avaliação.

    A Plateia

    Assista o vídeo do acidente