Brigada Militar atende ocorrência de violência doméstica e descobre outra de abuso de vulnerável

    Na noite de ontem (29), a Brigada Militar de Dom Pedrito atendia uma ocorrência de violência doméstica, quando foi informada de uma outra ocorrência de abuso de vulnerável.

    Na primeira, a guarnição foi acionada a comparecer no bairro Getúlio Vargas, onde uma mulher teria sido agredida pelo companheiro. No local, os policiais fizeram contato com a vítima, de 25 anos. Ela estava com um hematoma no olho direito e relatou que o namorado havia lhe agredido com um soco. A vítima disse também que ele havia lhe arrastado pelos cabelos quando ela tentou fugir do agressor, e que só não comunicou o fato a polícia porque ele fez ameaças de morte.

    Após relato, a vítima foi levada ao Pronto Socorro (PS) para atendimento e após à Delegacia de Polícia para registro de ocorrência. A vítima deseja representar contra o acusado, e pediu medidas protetivas contra o agressor.

    Durante este primeiro atendimento feito pela guarnição da Brigada Militar, surgiu um segundo caso. Desta vez, a vítima foi uma menor de 14 anos. A menina disse que é natural de Rosário do Sul, e que veio para Dom Pedrito fugida da casa de passagem.

    A menor falou ainda que quando chegou na cidade, ficou na casa de outra menina na zona central, e que um dia após se instalar nesta casa, foi abusada sexualmente pelo pai da amiga, de 40 anos, acrescentando que no dia do abuso, a esposa do acusado e a filha haviam viajado e que o homem ainda teria investido mais duas vezes contra ela, sendo que o último abuso ocorreu no início deste mês, quando ela resolveu contar tudo para a esposa do acusado.

    Ainda de acordo com a menor, a esposa teria perguntado ao marido se os fatos haviam ocorrido, mas que ele teria dito que tudo era mentira da menina, e que após esta conversa ela foi mandada embora. Sabendo dos fatos, os policiais entraram em contato com o Conselho Tutelar, que encaminhou a menor para o lar de meninas. A polícia irá investigar as denúncias.