Força-tarefa de combate ao abigeato prende dois homens por receptação em São Gabriel

    A força-tarefa de combate ao abigeato que foi lançada na semana passada pela Polícia Civil em nível estadual, com sede na Delegacia de Polícia de Rosário do Sul, conseguiu lograr êxito em uma de suas primeiras ações nesta sexta-feira (26), na região da campanha.

    A ação está atendendo a um apelo da Federação da Agricultura do Rio Grande do Sul (Farsul), devido ao crescimento de 25% nas ocorrências de abigeato de 2014 para 2015. O grupo que está atuando em nossa região conta com um policial civil de Dom Pedrito, Patrício Antunes.

    De acordo com o inspetor de polícia, desde a semana passada eles estão investigando alguns indivíduos por abigeato, sendo que nos últimos dois dias foram resenhados mais de 550 cabeças de gado no interior de Rosário do Sul, Cacequi e São Gabriel.

    Na tarde de hoje, por exemplo, o grupo coordenado pelo delegado Adriano de Jesus Linhares Rodrigues, com o apoio da Patar (Patrulha Rural) de São Gabriel e Inspetoria Veterinária também desta cidade, sabendo que em uma área de aproximadamente 16 quadras de eucalipto haviam animais com marcas borradas, remarcadas e algumas sobrepostas, indicando que os animais haviam sido furtados e mantidos no local escondidos.

    Na ação, os policiais acabaram encontrando no local 178 bovinos em poder de dois homens – um de 24 anos e outro de 30 anos. Em decorrência dos fatos, ambos receberam voz de prisão em flagrante delito por receptação de animais furtados, conforme a nova lei do abigeato, que torna o crime agora inafiançável. Após o registro, eles foram encaminhados ao Presídio Estadual de São Gabriel.

    Vale salientar que estas operações serão realizadas em toda a região da campanha, tudo para coibir e diminuir as ações criminosas destes indivíduos que passaram a atuar mais fortemente no ano passado.