Bernardo tem boa recuperação

Após quatro meses e 11 dias da cirurgia, Bernardo Meneses Cavalheiro, de um ano e seis meses, vive saudavelmente. O menino, morador de Bagé, foi submetido a um procedimento de fechamento do canal que liga o coração e o pulmão, no dia 1º de abril, no Instituto de Cardiologia de Porto Alegre. Isso só foi possível mediante mobilização da comunidade bageense, que arrecadou cerca de R$ 50 mil. As informações são do Jornal Folha do Sul.

Com 33 semanas de gestação, Juliana Meneses deu à luz Bernardo. O nascimento prematuro ocasionou um problema na ligação entre o coração e o pulmão do bebê. A situação gerava hipertensões pulmonares. Para fechar o canal que liga ambos os órgãos era necessário o investimento de R$ 48,7 mil. Em cerca de 10 dias de campanha, o montante foi alcançado.

De acordo com Maicon Cavalheiro, pai de Bernardo, uma das maiores dificuldades era para que a criança ganhasse peso. Atualmente, ele está com 12,4 quilos. Desde a cirurgia, Bernardo já realizou três revisões: uma em Porto Alegre e duas em Pelotas. “Conforme avaliam a situação dele, marcam uma nova data. Na primeira revisão, após uma semana do procedimento, o fluxo sanguíneo passava no meio da prótese implantada. Porém isso foi solucionado”, relata.

Conforme Cavalheiro, Bernardo leva uma vida normal, e mostra-se feliz. “A mobilização dos bageenses ultrapassou nossas expectativas. Ficamos admirados com a grandeza da repercussão. Teve outros casos este ano, porém nenhum obteve tanta adesão quanto o do ‘Bê’. Agradeço a todos que apoiaram”, finaliza.

Jornal Folha do Sul