Bancos começam a ser comunicados para adequação à segurança 24hs

    7/agosto/2016 às 21h02min
     Atualizado domingo, dia 7 de agosto de 2016 às 21h02min
    Francisco Bosco/FS

    A Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SMDET) começou, nesta semana, o processo de comunicação às agências bancárias, pedindo adequação a nova determinação que exige segurança integral e ininterrupta. Aprovada em abril deste ano, a Lei nº 5.592 pede a manutenção da segurança privada nos bancos, para que o período de vigilância seja prestado 24 horas por dia, nas áreas destinadas aos caixas eletrônicos das instituições financeiras e de crédito. A regra não compreende espaços exclusivos de caixas eletrônicos.

    O representante do Sindicato dos Vigilantes de Bagé, Júlio César Ramos Silva, comemora a iniciativa. “Nossa expectativa inicial é que serão oferecidas de 30 a 35 vagas diretas de emprego. Essa perspectiva é muito boa para a categoria”, avalia. Além da geração de empregos, Silva também pontua que os maiores beneficiados serão os clientes bancários. “É mais segurança para a população”, destaca.

    As instituições terão um prazo de 90 dias desde a última alteração da lei para regularização, que termina em 18 de setembro. A partir de então, a Prefeitura terá responsabilidade sobre a fiscalização. O gerente de uma agência local, José Eduardo Antunes, afirma que, assim que recebida a comunicação, já foram tomadas as primeiras providências. “Já informamos a matriz, que agora deve contatar as empresas de segurança terceirizadas para iniciar as adaptações”, afirma.

    Folha do Sul