Qwerty Telecom instala a quarta câmera de videomonitoramento

    5/agosto/2016 às 16h23min
     Atualizado sexta-feira, dia 5 de agosto de 2016 às 17h08min

    Na manhã desta sexta-feira (05), foi instalada a quarta câmera de monitoramento que irá auxiliar na segurança do município. Este projeto que começou a tomar forma em janeiro deste ano, através da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e a Qwerty Telecom, com o apoio da iniciativa privada, concluiu hoje o que havia sido proposto ainda na primeira reunião realizada dia 19 de janeiro.

    Naquela oportunidade, o diretor da Qwerty Telecom, Marcos Brum, disse que a empresa iria se responsabilizar pela instalação e manutenção gratuita das quatro primeiras câmeras da cidade, deixando de receber inclusive o valor mensal pelo tráfego gerado na rede com o envio das imagens de cada uma delas até o 4º Esquadrão da Brigada Militar onde fica a central de videomonitoramento, avaliado em R$ 2.000,00 mensais.

    Destaca-se ainda, que o investimento da iniciativa privada, mais os valores aplicados pelo
    Conselho Comunitário Pró-Segurança Pública (Consepro), até este momento, ficou em torno de R$ 150.000,00 em segurança pública no município de Dom Pedrito.

    Fica claro também, que quando existe uma união organizada de diversas forças da comunidade como neste caso da CDL e das empresas privadas que participaram deste projeto, é possível realizar melhorias em benefício de todos. A principal ideia, desde que o projeto foi aprovado, era monitorar os principais pontos da cidade, fazendo com que a comunidade se sentisse mais segura e as forças de segurança tivessem um auxílio a mais na elucidação e prevenção dos crimes ocorridos em nossa cidade.

    Relembramos também o papel fundamental do presidente da CDL, Oberti Bellifel, que desde o início abraçou a causa juntamente com o diretor da Qwerty Telecom, Marcos Brum, buscando junto aos empresários locais, a participação dos mesmos para que tudo isso saísse do papel e do campo das ideias.

    Fica o reconhecimento à todas as empresas que até este momento auxiliaram para que o projeto inicial planejado em janeiro fosse concluído nesta manhã: Automania; Oliva – Artefatos em Ferro; MV Pharma; Atis Imobiliária; Casa das Baterias; Espaço Movelaria; Hennig e Cia Ltda.; Loja Quero-Quero; Afirma Segurança Eletrônica; Papelaria do Mosquito; Mercado do João; Veronez Corretora de Seguros; Família Godoy Dias; Construtora João Carlos Machado da Luz; Paulo Luz Engenharia; Engenho Coradini Ltda.; Oberti Garcia Belifel; Progen (Fabio Barreto); Casa do Produtor LS Tratores; Polisul Comercial Agricola Ltda.; Jorge Santos Tratores e Máquinas Ltda.; Balbinot Cia. Ltda.; Agropel Agro Máquinas Pedritense Ltda; Referência Agroinsumos Ltda.