Vereadores de Bagé acusam produtor rural de agressão e ameaça

    Reprodução FS

    Na tarde de ontem, os vereadores Carlos Adriano Silveira Carneiro (Esquerda) e Ramão Elias Teixeira Bogado, ambos do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), compareceram na Delegacia de Polícia de Pronto-Atendimento (DPPA) para registrar boletim de ocorrência em desfavor do produtor rural Jorge Luís Álvares Pereira, marido da vereadora Teia Pereira, do Partido dos Trabalhadores (PT).

    Conforme o registro feito por Carneiro, ele estava atrás da mesa diretora do plenário do Legislativo, quando o acusado teria se aproximado pelas costas proferindo palavras de baixo calão e atingindo-o, no ombro, com um soco.

    Bogado, por sua vez, acusou Pereira de ameaçá-lo. Consta, no boletim de ocorrência, que o acusado o teria agredido verbalmente, além de dizer que o encontraria na rua e lhe daria uma surra. Ao fazerem os registros, ambos os parlamentares informaram que desejam representar criminalmente contra o acusado.

    Outro lado

    O produtor rural também compareceu na DPPA para registrar a sua versão dos fatos. Conforme o registro, Pereira disse que estava em casa, assistindo à sessão da Câmara pela televisão, quando viu Carneiro dizer que o marido de uma vereadora seria ladrão e abigeatário – o que seria uma referência a ele – e que a referida parlamentar teria vínculos com um líder do PT.

    Contra Bocão, o produtor registrou que o mesmo teria dito que ele seria ladrão de gado. Pereira, conforme o boletim, resolveu ir ao plenário para esclarecer a situação. Contudo, ao chegar para questionar Carneiro sobre o que ele havia dito, quase chegaram às vias de fato. No registro, Pereira disse que deseja representar judicialmente contra os parlamentares.

    Folha do Sul


    Warning: A non-numeric value encountered in /home/qwerty/www/wp-content/themes/newspaper-original/includes/wp_booster/td_block.php on line 1009