Instituto Penal de Bagé receberá apenados na próxima semana

    29/julho/2016 às 14h22min
     Atualizado domingo, dia 31 de julho de 2016 às 19h50min
    Arquivo/JM

    O Instituto Penal de Bagé (IPB) foi inaugurado no dia 11 de dezembro de 2014. Mesmo após passado mais de um ano e sete meses, o prédio continua sem ser utilizado. Porém, segundo o diretor do Presídio Regional de Bagé e do IPB, José Carlos Moreira Nobre, na próxima semana o local receberá cerca de 65 apenados.

    A estrutura tem capacidade para abrigar 108 detentos. “Estamos concluindo, esta semana, a entrada de rede trifásica junto à energia elétrica, a qual obtivemos recursos junto à Vara de Execuções Criminais da comarca de Bagé e do Conselho da Comunidade”, explica.

    Nobre destaca que com as chuvas atrasou um pouco, mas que na próxima semana, provavelmente, estará entregando para a comunidade a obra. “Após a finalização, a Companhia Estadual de Energia Elétrica irá fazer a ligação que será, possivelmente, em até 72 horas. Então, na primeira semana de agosto, estaremos em funcionamento”, completa o diretor.

    Em um primeiro momento, Nobre informa que 60% do prédio será ocupado por 65 apenados do regime semiaberto com carta de emprego, e também os presos civis (aqueles que cumprem pena por não pagamento de pensão de alimentos). “Após a construção da subestação iremos, então, auxiliar o PRB, que está com superlotação e hoje conta com 413 apenados, com presos vindo de Alegrete, Pelotas, Itaqui e Uruguaiana. E isso é um passo importante para a ressoacialização dos detentos”, acrescentou Nobre.

    No local, há banheiros individuais com chuveiros e mictórios adaptáveis para portadores de deficiência, além de espaço para recreação. A obra recebeu o investimento de cerca de R$ 950 mil e foi anunciada em 2013, com previsão de entrega da construção ainda para o mesmo ano.

    Rochele Barbosa / Jornal Minuano