Detento do Presídio Estadual de Dom Pedrito foge do semiaberto e passa ser foragido da Justiça

    Divulgação

    O detento Vinicius Alves, “Gordo Sub”, que estava no Presídio Estadual de Dom Pedrito em regime semiaberto, não foi localizado na conferência realizada na noite de ontem (26), e passou a ser considerado um foragido da Justiça.

    O fato foi constatado às 19h pela equipe de plantão da Susepe, que imediatamente iniciou os procedimentos para comunicar o ocorrido. O detento tem uma vasta ficha criminal e dentre as ocorrências estão tentativas de homícidio e tráfico de drogas.

    Vicinius também esteve envolvido na tentativa de homicídio ocorrido em outubro do ano passado no Salão da Piato D’oro. Qualquer informação que leve a recaptura do detento, deve ser comunicada pelo 190 da Brigada Militar ou 197 da Polícia Civil.

    Relembre o caso

    Na noite de 11 de outubro de 2015, por volta das 21h30, o Grupo de Operações Especiais (GOE) da Brigada Militar, prendeu Vinícius Alves, 21 anos. Ele é acusado de ter sido o comparsa de “Rick” nas cinco tentativas de homicídio ocorridas na madrugada de hoje, no interior do Salão da Piato D’oro. Segundo a Polícia, Vinícius foi o autor das facadas em uma das vítimas.

    Os mandados de prisão dele e de Rick foram expedidos na noite de hoje após terem sido solicitados pelo delegado Cristiano Ritta, depois de um dia inteiro de investigações realizados pela Polícia Civil. O GOE em uma ação rápida prendeu Vinícius em sua residência, localizada na Rua 20 de Setembro. A Polícia ainda segue nas buscas de Rick, que agora é considerado foragido da Justiça.