Bagé sedia 1ª Parada LGBT neste domingo

    Crédito: Divulgação/Facebook

    Uma festa que promete reunir a comunidade homossexual e simpatizantes na luta contra o preconceito. A 1ª Parada LGBT de Bagé acontece, neste domingo, a partir das 15h30min, na Praça de Esportes.

    Segundo uma das organizadoras, Carla Cloque – que já trabalha na promoção de festas LGBT na cidade há alguns anos – o objetivo é expor e debater o preconceito e a garantia dos direitos civis da população lésbica, gay, bissexual, transexual e travesti.

    Ela conta que a ideia da parada é antiga, porém apenas depois da iniciativa de jovens estudantes, que também compõem a comissão organizadora, saiu do papel. “Fui convidada no evento (no Facebook) e me propus a ajudar. Já tenho experiência e estamos trabalhando para que seja uma grande festa”, diz.

    Livre de ligações com política e sem patrocínio, Carla observa que as atrações da parada serão artistas convidados, que não cobraram cachê para apresentação; assim como os equipamentos de som que foram cedidos por empresários do ramo, sem custo. “Teremos uma abertura, depois apresentação com grupos de dança, roda de conversa e debate, performance de artistas convidados – como a transexual pelotense Alanis, DJs e muita música”, destaca.

    Uma das convidadas a também marcar presença é a ex-secretária adjunta da Livre Orientação Sexual de Porto Alegre e artista transformista, Gloria Crystal. “Esta é a primeira parada de muitas que virão. Esperamos aproximadamente mil pessoas. Queremos que todos levem sua pauta para ser debatida, não só LGBT, como também racial e de gênero”, afirma. A organização do evento pede a todos que levem um quilo de alimento não-perecível para doação, que será entregue a uma instituição de caridade.

    Folha do Sul / Bagé