Filha da pedritense Marijú Alves recebe alta do setor de transplante em Curitiba

    19/julho/2016 às 14h24min
     Atualizado terça-feira, dia 19 de julho de 2016 às 19h03min

    A reportagem da Qwerty Portal de Notícias – que acompanhou desde setembro do ano passado a luta da menina Luisa Silveira dos Santos por um transplante de medula óssea – recebeu na noite de ontem (19), a informação de que ela tinha finalmente recebido alta do setor de transplante onde estava internada.

    Luisa, que fará dois aninhos em agosto, é filha da pedritense Marijú Alves Silveira e de José Adilson dos Santos Júnior, e era portadora da Sindrome de Kostmann, uma doença rara que só poderia ser curada através de um transplante de medula. O portal noticiou, no dia 26 de novembro do ano passado, que haviam sido confirmados dois doadores 100% compatíveis com a menina, e que a previsão do transplante seria para o mês de fevereiro de 2016.

    Reviravolta

    Próximo dos dias do transplante, a medula de Luisa começou a reagir. O pai dela conta que “depois de termos a bênção de encontrar doador compatível e de estarmos nos preparando para o transplante, Deus fez mais por todos nós, pois a medula da Lulu foi reagindo aos poucos e agora o transplante está descartado. Temos uma nova fase, muito mais tranquila,
    com acompanhamento da hematologista que ocorrerá na cidade de Blumenau”.

    José Adilson disse a nossa reportagem que “gostaria de agradecer imensamente por todo apoio, orações, pensamentos positivos e todo carinho recebido dos pedritenses. Com certeza, a força de todos nos ajudou a superar todas as dificuldades e principalmente acreditar que ainda existem pessoas que tem muito amor ao próximo. Seremos eternamente gratos por todas as doações de medula”.

    O pai da menina também falou sobre o transplante, ele disse “hoje sabemos a importância desse ato tão nobre e humano. Nossa pequena, graças ao nosso Jesus, foi curada, mas tantos ainda necessitam do transplante”.

    Relembre as matérias anteriores:

    26/11/2015 – Dom Pedrito – Menina Luísa Silveira encontra doadores 100%
    compatíveis e transplante deverá ocorrer em fevereiro de 2016

    10/09/2015 – Dom Pedrito – Menina de um ano precisa de transplante de
    medula; pais pedem ajuda à comunidade pedritense