Greve do Detran/RS gera atraso no serviço de emissão de CNH, informa coordenadora do CFC Fênix

Servidores do Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Sul (Detran-RS) entraram em greve nesta segunda-feira (11). Conforme o sindicato, a paralisação afeta exames teóricos, práticos, a emissão de Carteira Nacional de Habilitação (CNH), o registro de veículos, bem como a fiscalização. O G1 entrou em contato com o Detran, mas não foi passada qualquer informação sobre as atividades. As provas práticas que seriam aplicadas seriam aplicadas nesta semana, no entanto, já foram canceladas.

Reajuste de 26,75%
Os grevistas reclamam de defasagem salarial e pedem reposição referente ao período de julho de 2012 e maio de 2015, que soma 26,75% no período; além do auxílio-refeição para todos os funcionários.

De acordo com a categoria, eles enfrentam ainda problemas estruturais, como a falta de locais adequados para a realização de provas práticas de direção, que hoje são conduzidas em locais sem banheiros. Para isso, eles defendem parecerias com as prefeituras.

Eles reclamam ainda do gasto anual de R$ 4 milhões com a sede do departamento e também do uso de contêineres para a realização de exames teóricos em Porto Alegre.

Em Dom Pedrito

Em entrevista à reportagem da Qwerty, Kátia Moraes, coordenadora do Centro de Formação de Condutores Fênix de Dom Pedrito, disse que o serviço de emissão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) irá sofrer atraso, visto que o setor aderiu à greve. Já os exames teóricos e práticos estão sendo aplicados normalmente, bem como aulas e exames psicológicos realizados no CFC.

“Sofreremos as consequências da greve administrativamente, o que precisa ser solucionado por eles no Detran, como correções de dados pessoais, transferências, juntas médicas e, claro, a emissão de CNHs”, informou a coordenadora.


Warning: A non-numeric value encountered in /home/qwerty/www/wp-content/themes/newspaper-original/includes/wp_booster/td_block.php on line 1009