Polícia Civil prende autor do atropelamento do último sábado

    A Polícia Civil prendeu o homem acusado de atropelar uma criança de 2 anos de idade no último sábado (9). De acordo com o inspetor Patrício Antunes, o homem foi autuado em flagrante pelo crime de fraude processual, pois, pouco antes da polícia chegar à sua casa, ele havia trocado os dois espelhos retrovisores da caminhonete Pick-Up Corsa em que ele estava quando atropelou a criança. “Inicialmente ele negou ter sido o autor do atropelamento, mas aqui na delegacia ele acabou confessando”, disse Patrício.

    O delegado Cristiano Ritta arbitrou fiança de R$ 1 mil que foi paga pelo homem que foi liberado após autuação do flagrante. Além da fraude processual, ele responderá por lesão corporal culposa, fuga do local do acidente e omissão de socorro. A identidade do indivíduo não foi revelada.

    Relembre o caso

    No início da noite de sábado, por volta das 18h40, uma criança de dois anos foi atropelado na rua General Neto. De acordo com boletim de ocorrência, uma guarnição da Brigada Militar foi acionada a comparecer no Pronto Socorro, onde teria dado entrada um menino de dois anos que havia acabado de ser atropelado.

    O pai da criança disse à Brigada Militar que estava andando com seu filho pela rua General Neto, no sentido oeste/leste, segurando-o pela mão, quando a caminhonete, que vinha no mesmo sentido, atingiu a vítima. Após o atropelamento, o motorista fugiu sem prestar socorro.

    Ainda no sábado, a criança foi submetida a raio x de tórax, bacia, pernas e braços, além de uma tomografia do crânio. Ainda de acordo com informações obtidas por nossa reportagem, o quadro da criança era considera estável.