Tentativa de gravidez pode terminar com mais uma pessoa contaminada pelo vírus HIV

    3/julho/2016 às 16h20min
     Atualizado segunda-feira, dia 4 de julho de 2016 às 01h21min
    Divulgação

    Uma jovem de 24 anos registrou na Delegacia de Polícia que seu pai faleceu, há poucos dias, por complicações de saúde em virtude de ser portador de HIV. De acordo com a denunciante, ele só descobriu que estava com a doença dias antes de morrer.

    A moça relatou ainda que recentemente esteve na casa do pai e acabou encontrando algumas camisinhas, ainda dentro da embalagem, furadas por uma agulha. Ela suspeita que, alguma das parceiras de seu pai as tenha furado com a finalidade de engravidar, mas a filha não possui suspeita de quem tenha sido a autora do fato.

    De acordo com a denunciante, este fato deve ser divulgado na mídia local para alertar as pessoas sobre a possibilidade de existir alguém contaminado e ainda não saber. A grande dúvida neste caso, é saber quem realmente já estava contaminado, e se existe alguém que, de forma intencional, esteja transmitindo propositalmente o vírus para outros parceiros.