Usina de asfalto é inaugurada no Bairro Industrial em Santana do Livramento

    1/julho/2016 às 16h06min
     Atualizado sexta-feira, dia 1 de julho de 2016 às 21h19min
    (Foto: Marcelo Pinto/A Plateia)

    Depois de asfaltar a rua José Fernandes Mendes com o material produzido pela máquina, os servidores municipais receberam o reconhecimento em uma placa, no empreendimento

    Na manhã de quinta-feira (30), aconteceu no bairro Industrial, em Santana do Livramento, a inauguração do mais novo empreendimento municipal. A usina de asfalto, que custou mais de R$1 milhão, aos cofres do município,  já deu seus primeiros frutos, ainda no mês de junho deste ano.
    Como já foi publicado no jornal A Plateia, a primeira rua a ser asfaltada foi a José Fernandes Mendes, no Cerro do Armour. Lá era uma demanda do Orçamento Participativo votada no ano de 2013. E foi esse um dos argumentos colocados pelo prefeito Glauber Lima, quando enviou uma proposta, posteriormente aprovada na Câmara de Vereadores.

    Na época, ele alegava que havia a necessidade de ter o asfalto produzido pelo próprio município, pois, segundo ele, as empresas não participavam das licitações para realizar as obras, e acabava que os recursos eram perdidos.

    Avanço

    Em entrevista ao jornal A Plateia, o prefeito de Livramento destacou que muito mais do que ser uma máquina que está ajudando o município hoje, é um investimento que durará por muitos anos.

    Em seu discurso, na inauguração, ele comparou a cidade vizinha, Rivera, no Uruguai.
    Ao público ele disse, “vocês se lembram das ruas de Rivera há alguns anos?! Assim será com Livramento”, afirmou ele, fazendo uma reflexão que com a usina de asfalto ajudará no desenvolvimento de infraestrutura do município.

    Antes, durante a entrevista, Glauber disse: “é um maquinário que ficará na gestão do município, independentemente do governo que vier”, disse ele.

    O evento foi marcado pela presença de diversas escolas da rede pública municipal e estadual. Com a apresentação de “street dance” e de um palhaço, a população presente se divertiu antes do descerramento da placa, que constará o nome de quarenta servidores que trabalharam para que a usina pudesse iniciar os trabalhos.

    Coordenação

    Também falou à Reportagem o coordenador da usina de asfalto, Paulo Elias, que somente agradeceu à todos aqueles que acreditaram no projeto da usina de asfalto. “Com certeza foi de extrema importância que todos os santanenses acreditassem neste momento e só por isso nós estamos realizando”, enfatizou.

    Para a professora Eliane Gomes Paulo, é uma aquisição de extrema importância para Livramento e colocou o seu caso como exemplo: “Às vezes nós temos muita dificuldade de chegarmos em alguma escola, por isso a importância desse investimento que Livramento está fazendo”, disse.

    Por: Rodrigo Evaldt/A Plateia